Batgirl se junta oficialmente às Aves de Rapina no Novo Universo DC

O blog oficial da DC, o The Source, continua fazendo suas revelações sobre as revistas mensais da editora lançadas em novembro. Depois do Nuclear e do Lanterna Verde terem suas tramas futuras promovidas pela blog, chegou a vez do grupo feminino Aves de Rapina.

A primeira novidade que o blog entrega é, de longe, a mais interessante. Após fazer uma pequena participação especial na primeira edição da revista, Barbara Gordon iria fazer outra participação especial na revista, na edição #4, como a Batgirl. Só que essa participação especial se transformou em emprego fixo, segundo o autor da revista Duane Swierczynski. À princípio, a Batgirl não vai querer fazer parte da equipe por alguns motivos, entre eles o fato dela não confiar em uma das integrantes (provavelmente Hera Venenosa, que deve se juntar a equipe no número #3 da revista). Essa “tensão” vai durar duas edições, a #4 e a #5, quando finalmente a Batgirl vai dar o seu jeito para ficar permanentemente na equipe.

Outra novidade é que as três “primeiras” membros do time, a Canário Negro, Starling e Katana não podem sair por aí normalmente, já que as três são procuradas pela justiça.

Dinah Lance, a Canário Negro, é procurada por assassinato. Rumores dizem que ela matou um cara com um soco só, mas o roteirista da revista promete que a verdade é mais sombria e estranha que isso.

Evelyn Crawford, a Starling, é procurada por várias organizações pelo mundo, já que prestou serviço para todas e sabe como as coisas funcionam. Já a nipônica Tatsu Yamashiro, a Katana, é procurada pela polícia japonesa pelo derramamento de sangue que ela causou na sua vingança contra a Yakuza pela morte do seu marido. Falando nele, Katana acredita piamente que a alma do falecido está na sua espada e se comunica com ela.

Por fim, a última novidade é sobre a Hera Venenosa. Swierczynski garante que ela continua uma vilã com seu eco-terrorismo contra qualquer um que ameace a Natureza, mas também diz que há uma boa razão para ela fazer parte de um time de heroínas. Hera tem um novo uniforme agora, que amplifica muito seus poderes, mas que cobra um preço enorme. A presença dela no time tem a ver com a forma que ela irá pagar esse preço. Mais sobre esse mistério deve ser revelado na edição #5 da revista, que deve sair em janeiro.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...