Astrofísico encontra planeta Krypton

Você deve conhecer esse senhor da foto por ser o “cara do we got a badass over here”. Pois é, Neil deGrasse Tyson é conhecido por ser um meme, mas também por ser um astrofísico competente.

O cientista cravou seu nome mais uma vez na cultura pop nessa semana ao “achar” o planeta Krypton no Universo. Wait, what?

Segundo afirma o NY Post, Tyson foi procurado pela DC Comics para ajudar na produção da revista Action Comics #14, que vai às bancas na próxima quarta-feira. A ideia da DC era achar um local no universo que pudesse ser a localização de Krypton, planeta de origem do Superman. E foi o que Tyson fez!

O astrofísico “achou” o planeta na constelação de Corvus, mais ou menos à 27.1 anos-luz da Terra, orbitando a estrela-anã vermelha LHS 2520.

“Como um nativo de Metropolis, eu estou muito feliz em ajudar o Superman, que fez tanto pela nossa cidade em todos esses anos”, brincou o cientista.

A constelação de Corvus foi escolhida para abrigar Krypton por causa dessa estrela-anã vermelha (que seria o “sol vermelho” de Krypton) e por causa da distância em relação à Terra. Na trama de Action Comics #14, a luz originada pela explosão de Krypton chegará na Terra, 27 anos depois do Superman ter chegado. Ou seja, o planeta deveria estar 27 anos-luz longe da Terra e orbitar um sol vermelho.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...