Agora sim: esses são os novos títulos da Vertigo nos EUA

Leandro de Barros

  segunda-feira, 01 de julho de 2013

Agora sim: esses são os novos títulos da Vertigo nos EUA

Vertigo libera as sinopses das suas 6 novas séries, todas com previsão para estrear ainda em 2013 nos EUA

Hoje mais cedo, nós vimos a data de lançamento oficial e a primeira capa de Sandman: Overture, também conhecido como “o prelúdio de Sandman“.

Junto do mimo, a Vertigo aproveitou para dar um chute de bico nos rumores e especulações negativas sobre o seu futuro, mandando avisar que Sandman abrirá uma nova onda de publicações do selo, sendo seguido por mais 6 (SEIS!) novas séries.

Três dessas séries já tinham sido anunciadas e as outras três foram anunciadas agora, com direito à imagens e todo o protocolo. Sem mais delongas, vamos lá conhecê-las:

Vertigo 01

A capa acima é de Hinterkind, uma das séries que já havia sido anunciada mais cedo. Na trama, um evento conhecido como O Mal (The Bligh, no original) praticamente exterminou a humanidade. Décadas depois, a Mãe Natureza está retomando o controle do planeta e não está sozinha: ela vem acompanhada das criaturas dos mitos e lendas antigas, que voltaram à vida e não estão nada felizes. A protagonista da série será Prosper Monday, uma jovem donzela que é obrigada a abandonar a segurança e reclusão do seu vilarejo no Central Park para procurar pelo avô, que desapareceu.

A trama é de Ian Edginton e as artes são de Francesco Trifogli – previsão de estreia para outubro desse ano nos EUA.

Nós também temos The Discipline, outra que já havia sido anunciada. Descrita como “um thriller erótico e sombrio”, a série gira em torno de uma jovem riquinha chamada Melissa, que é tragada para uma batalha secular entre o bem e o mal. Melissa começa a ter um caso com um misterioso rapazote chamado Orlando, que “abre os seus olhos para um mundo sexualmente sinistro, que ela nunca soube que existia”. Ui.

Usando da sua sedução ritualística, Orlando libera o poder interior de Melissa e então a coloca nessa guerra secreta que vem esndo travada por séculos. Basicamente um 50 Tons de Cinza nos quadrinhos, portanto.

O roteiro é de Peter Milligan e o desenho é de Leo Fernandez. The Discipline deve começar a sair nos EUA em dezembro.

Vertigo 02

Pra fechar as séries que já haviam sido anunciadas, temos Dead Boy Detectives, um spin-off do Sandman de Neil Gaiman. Nas páginas da série, dois jovens garotos britânicos morrem e começam a resolver crimes no século 21 com a ajuda de uma “companheira feminina”, que não fica bem claro se está viva ou morta.

Com previsão de estreia para Novembro, Dead Boy Detectives tem o texto assinado pelo escritor britânico Toby Litt e os desenhos de Mark Buckingham (Fables).

Iniciando os três títulos inéditos, temos aquele que mais me agradou pela premissa: Suiciders. Escrita E desenhada pelo talentosíssimo Lee Bermejo (o nome por trás de Batman: Noel; Antes de Watchmen: Rorschach e a minissérie Joker – sim, aquela que inspirou o visual do Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas), a série é protagonizada de dois boxeadores do futuro – um deles no topo do mundo e o outro tentando fazer seu caminho no esporte. O lance é que tudo gira em torno do programa Suiciders, um reality show esportivo extremamente popular onde o lutador precisa estar disposto a morrer para poder participar. Literalmente, já que você só pode ser o melhor se matar o melhor.

Sim, pegaram boxe e misturaram com Battle Royale, tudo desenhado pelo Lee Bermejo. Estreia em dezembro nos EUA.

Vertigo 03

Quando tinha 15 anos, Eve Coffin invocou uma escuridão que estava enterrada desde o julgamento das Bruxas de Salém. Agora, Eve está de volta para pegar esse “mal” que destruiu os seus amigos e está tomando conta da cidade de Coffin Hill e limpar o chão com ele. Essa é a premissa de Coffin Hill, uma série “cheia de magia, loucura e assassinato”.

Com previsão de lançamento para Outubro, a série é escrita por Caitlin Kittredge e desenhada por Inaki Miranda.

Vertigo 04

Pra concluir toda a brincadeira, temos uma série que não é bem uma série. The Witching Hour é uma antologia com histórias curtas focadas em bruxaria e coisas do tipo.

Alguns dos nomes que participarão da revista, pelo menos no começo, inclui nomes como Kelly Sue DeConnick (escrevendo atualmente a mensal da Capitã Marvel) e Cliff Chiang (desenhista da mensal da Mulher-Maravilha).


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários