A DC pode trocar a polêmica capa de Catwoman #0

Em setembro, a DC vai dar um “pause” na continuidade das suas 52 revistas mensais para explorar um pouco o passado de cada personagem. A gente já falou sobre isso por aqui em outras ocasiões, mas vale falar de novo para quem não sabe do que se trata. Em setembro, era pra DC lançar as edições número #13 de todas as suas revistas mensais. Por exemplo, era pra sair Justice League #13, Batman #13, Superman #13, etc. Ao invés disso, a DC lançará edições especiais, com o número #0, contando histórias dos passados dos personagens. Em outubro, volta tudo ao normal.

Na semana passada, a editora divulgou as capas dessas edições especiais de setembro. A capa da revista mensal da Mulher-Gato causou bastante polêmica na internet. Veja abaixo:

Essa pose da ladra é conhecida como brokeback e o objetivo é bem claro: explorar o fato da Mulher-Gato ser uma tremenda duma gostosa pra vender um pouco mais de cópias.

A estratégia não é nenhuma novidade (mas isso não significa que isso seja certo, deixo claro). Porém, a polêmica pode fazer com que a DC mude a versão final da capa. Pelo menos é o que diz o BleedingCool.

O site se apóia no fato de que não seria a primeira vez que a DC mudaria alguma arte de alguma revista para evitar mais polêmicas. Apenas para citar um exemplo recente, a DC mudou a capa de Red Hood and the Outlaws #2 no ano passado, retirando o pênis do Capuz Vermelho, presente na arte original.

 

O jeito é esperar para ver se a Mulher-Gato virá com a coluna quebrada ou não em setembro.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...