Qual a origem do Dia da Mentira?

Luiz Alexandre Andrade
@luizalexandre82

  quarta-feira, 01 de abril de 2015

Coluna /// História em Cartaz História em Cartaz

Qual a origem do Dia da Mentira?

Sabia que o Dia da Mentira começou na França por causa do Ano Novo? Não, não estou mentindo!

A culpa disso é dos franceses. Durante o reino de Carlos IX, no início do século 16, o ano novo era comemorado no dia 25 de março. Era uma grande celebração que durava dias com festas e trocas de presentes que se estendia até o dia primeiro de abril.

Vocês com suas cidades bonitas e seus dias da mentira!!!

Vocês com suas cidades bonitas e seus dias da mentira!!!

No entanto, em 1562, o papa Gregório XIII instituiu um novo calendário, onde o primeiro de janeiro tornava-se o dia do ano novo. Carlos IX até tentou mudar as datas das comemorações para consolidar o calendário do papa – o “calendário gregoriano”, esse mesmo que você tem pendurado aí na parede da sua casa – mas tais mudanças de data causaram muita confusão.

Alguns franceses se mostraram resistentes a mudança e continuavam a comemorar o ano novo pelo calendário antigo, onde o dia primeiro de abril era o primeiro dia do ano. A data se tornou motivo de gozação onde eram enviados convites para bailes que não existiam e se distribuíam presentes estranhos. As brincadeiras do “Primeiro de Abril” ganharam a Inglaterra (April Fool’s Day) e depois o mundo.

No Brasil, o “Dia da Mentira” surgiu em Minas Gerais quando no dia primeiro de abril de 1828, o jornal “A Mentira” publicou a notícia do falecimento de Dom Pedro I. A nota foi desmentida no dia seguinte. E você achando que é só de hoje que existe “trollagem” jornalística…

Gostou do texto? Curta então a página do História em Cartaz no Facebook e confira mais informações históricas que não estão nas salas de aula.

Sobre » História em Cartaz

Fatos, curiosidade e referências históricas de filmes, séries de TV, games e livros você encontra aqui no História em Cartaz, a coluna que vai te mostrar que Historia não é um assunto chato.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários