Os Tipos de Castelos na Idade Média

Castelo!

Se na sua mente formou aquela imagem genérica da fortificação, com suas torres, rodeada por um fosso com água atravessado por uma ponte levadiça, saiba que nem todos os castelos na Idade Média todos desse jeito. Assim como hoje as construções não são todas iguais, as fortificações durante o medievo tinham suas particularidades mesmo que possuíssem uma função em comum: proteção.

O site History on the Net nos oferece um vislumbre da evolução dos castelos durante a Idade Média, vamos então descobrir como essas grandes fortificações, símbolos do seu tempo, foram concebidas.

castelo-3A Inglaterra é um dos locais da Europa onde com certeza você vai encontrar muitos castelos. Sem contar a residência da rainha Elizabeth, as construções de fortificações no território inglês começaram com a invasão normanda de uma forma que não se viu igual. Castelos já existiam desde o tempo dos romanos, mas foram os normandos que construíram os castelos que duraram toda a Idade Média.

Os primeiros castelos construídos pelos normandos foram erguidos dentro de fortificações romanas já existentes ou no modelo “Motte” e” Bailey”. “Motte” era um monte natural ou construído pelo homem onde o castelo era erguido cercado por uma paliçada. “Bailey” seria o muro mais externo de um castelo separado por uma ponte de madeira que podia ser removida em caso de ataque inimigo. É nessa parte onde viviam as pessoas e os animais.

castelo-1

Esses primeiros castelos foram substituídos pelos de pedra, pois oferecia melhor defesa. Os castelos de pedra eram feitos de pedra espessa com poucas janelas. Sua entrada era feita por degraus de pedras que levavam ao primeiro andar. No térreo ficava localizada a cozinha e nos andares superiores os alojamentos.

Primeiramente com forma retangular, os castelos tornaram-se circulares com o tempo. Ao redor da fortaleza, muralhas com torres foram construídas. O “Bailey” ficou fora da área da fortaleza, mas protegida por uma muralha. Todo o castelo podia ser cercado por um fosso tendo uma ponte levadiça.

castelo-2Os castelos concêntricos foram desenvolvidos nos séculos 12 e 13 e ofereciam melhor proteção. A principal característica desse tipo de fortificação eram suas muralhas. Uma muralha interna grossa com torres cercada por outra muralha de pedras grossas, porém menor. Construídas em diferentes níveis, as muralhas eram locais onde arqueiros podiam fazer seus disparos.

Os espaços entre as duas muralhas eram conhecido como “buraco da morte”, pois ficar preso nesse espaço era morte certa para quem invadia.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...