Os Piratas de Black Sails!

Luiz Alexandre Andrade
@luizalexandre82

  terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Coluna /// História em Cartaz História em Cartaz

Os Piratas de Black Sails!

Conheça os piratas reais que inspiraram os personagens da série!

Caso não conheça, Black Sails é a série de piratas do canal norte-americano Starz que atualmente tem sua segunda temporada em exibição. A série mostra o capitão pirata James Flint e sua tripulação na aventura de se apoderar do fabuloso tesouro do navio Urca de Lima. Claro que muitos desafios estarão à frente dos objetivos de Flint, seja lidar com as forças reais espanholas ou inglesas assim como enfrentar a ameaça de outros piratas como Charles Vane.

Aqui mesmo no Supernovo, os piratas já deram as caras no Bananacast #81 (ouça, que é imperdível), mas agora, a partir de Black Sails, série que reúne personagens reais que fizeram história e o terror das águas Atlânticas, vamos conhecer os principais piratas que no passado fariam qualquer pirata de parque temático tremer de medo.

black sails 1CAPITÃO JAMES FLINT

O protagonista da série, porém não foi um personagem real. Isso não quer dizer que o nome de James Flint não tenha nenhum valor histórico, muito pelo contrário. Capitão James Flint é um pirata do século 18 criado pelo autor Robert Louis Stevenson e apareceu pela primeira vez no clássico “A Ilha do Tesouro” (1883). Flint era o capitão do navio Walrus e possuía uma grande soma em riquezas. Após enterrar seu tesouro em algum lugar do Caribe, Flint matou todos os seis homens da sua tripulação que o tinham acompanhado. O capitão compartilhou o mapa do tesouro com William “Billy” Bones (personagem também usado na série). “A Ilha do Tesouro” ainda traz o personagem John Silver que também tem seu papel em Black Sails.

black sails 2CAPITÃO CHARLES VANE

Um dos piratas mais cruéis da “Era de Ouro da Pirataria”, Charles Vane levou o terror ao Caribe no século 18. Nasceu em 1680 e no comando do bergantim “Ranger”, teve sua carreira pirata entre os anos de 1716 e 1718. Era um dos piratas mais respeitados e conhecidos das Bahamas, também conhecida como a “República” dos piratas. Apesar de não ter muito da sua vida documentada, sabe- se que Vane foi parte da tripulação do corsário Archibald Hamilton e que chegou a Port Royal logo após a Guerra de Sucessão Espanhola (1701-1714).

Em 1718, quando o rei inglês concedeu perdão a todos os piratas que desejam ter uma vida honesta, o “Pedrão Real”, Vane nem ligou para essa proposta e continuou a saquear navios no Atlântico. Foi capturado, mas acabou sendo libertado e em Nassau, Vane recrutou quarenta piratas não arrependidos incluindo “Calico” Jack Rackham. Vane morreu enforcado em 1720, em Gallows Point, na Jamaica.

black sails 3JACK RACKHAM

Assim como vemos em Black Sails, Jack Rackham foi membro da tripulação de Charles Vane. Mas quando Vane recusou-se a atacar um veleiro francês, a tripulação se amotinou o nomeou Rackham como capitão. Depois de aceitar o “Perdão Real”, Jack Rackham dirigiu-se para Nova Providência, onde conheceu Anne Bonny por quem se apaixonou. Porém Anne era casada e quando o caso entre os dois tornou-se público, resolveram fugir. Para que a tripulação não se queixasse da presença de uma mulher a bordo, Anne se vestiu como homem e adotou o nome de Adam Bonny.

Em 1720, Jack Rackham e sua tripulação foram condenados a forca por pirataria. Apenas Anne Bonny e Mary Read conseguiram sobreviver, ambas diziam que estavam grávidas. Jack Rackham também ficou conhecido como “Calico Jack”, devido suas roupas coloridas serem feitas de “calicô” (um tecido grosseiro de algodão). Sua bandeira pirata é uma das mais famosas e mais copiadas na cultura pop. Trata-se de uma bandeira preta, com o desenho de um crânio acima de duas espadas cruzadas.  As bandeiras piratas desse tipo eram conhecidas como “Jolly Rogers”.

black sails 4ANNE BONNY

Como puderam ver, a trajetória de Anne Bonny está ligada ao de Jack Rackham. Essa relação histórica entre os dois também é desenvolvida na série, tomadas suas liberdade artísticas.

Anne Bonny era filha de um advogado irlandês que fez fortuna na Carolina do Norte. James Bonny, um pirata, casou-se com Anne com a finalidade de ter para si as plantações do pai dela, mas Anne acabou sendo deserdada. Nas Bahamas, Anne conheceu Jack Rackham e os dois se apaixonaram. Jack ofereceu dinheiro para comprar Anne de James, mas quando o assunto chegou aos ouvidos do governador Rogers, este determinou castigo severo sobre Anne. Não deu outra: Jack e Anne fugiram.

Quando o navio de Rackham, o “Revenge”, foi capturado, Anne Bonny (juntamente com Mary Read) não foi executada a principio, pois estava grávida, mas assim que seu filho nasceu, foi enforcada.

black sails 5BENJAMIN HORNIGOLD

Pirata inglês do século 18, Benjamin Hornigold aterrorizou os mares entre 1715 e 1718, logo após, tornou-se caçador de piratas em nome do governador das Bahamas.

Registros históricos apontam que Benjamim Hornigold saqueou navios na costa da Nova Providência em 1717, juntamente com Edward Thatch, que tempos depois seria conhecido como Barba Negra. Hornigold chegou a ter uma frota com cinco navios e uma tripulação de 350 homens.

Quando em dezembro de 1717 o “Perdão Real” chegou a Nassau, Hornigold partiu para a Jamaica e em janeiro de 1718, recebeu o perdão do governador Woodes Roger que o destinou a missão de perseguir piratas como Edward Thatch e Jack Rackham. Em 1719, o navio de Hornigold enfrentou um furacão entre Nova Providência e o México e foi destruído quando chocou-se com um recife.

black sails 6EDWARD “NED” LOW

Ned Low foi um dos piratas mais cruéis que já existiu – sua passagem pela segunda temporada de Black Sails deixa isso evidente. Nascido no ano de 1690, em Londres, mudou-se para Boston. Com a morte da esposa em 1719, dois anos depois, tornou-se pirata e saqueou navios nas costas da Nova Inglaterra, Açores e Caribe. Ganhou fama durante os últimos dias da “Era de Ouro da Pirataria”.

Low foi um capitão de muitos navios e sempre mantinha uma frota com três ou quatro embarcações. Possuía a tática de içar cores falsas para se aproximar dos navios. Atacou franceses e ingleses e moveu-se das Canárias para Cabo Verde e logo depois chegou à costa do Brasil trazido pelo mal tempo. Porém desistiu de atacar o rico comércio marítimo da costa brasileira e dirigiu-se para o Caribe. Ned Low usou muitas bandeiras, entre as mais famosas trazia um esqueleto vermelho num fundo preto, a mesma bandeira usada pelo Barba Negra.

Não há nada que confirme como foram os últimos dias de Ned Low. “A História Geral dos Piratas” relata que Low foi visto pela última vez navegando para o Brasil assim como o Museu Marítimo Nacional, em Londres, afirma que ele nunca foi capturado e terminou seus dias em terras brasileiras.

Sobre » História em Cartaz

Fatos, curiosidade e referências históricas de filmes, séries de TV, games e livros você encontra aqui no História em Cartaz, a coluna que vai te mostrar que Historia não é um assunto chato.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários