Os Piores Terremotos da História

Luiz Alexandre Andrade
@luizalexandre82

  segunda-feira, 04 de maio de 2015

Coluna /// História em Cartaz História em Cartaz

Os Piores Terremotos da História

No decorrer da história, terremotos foram fenômenos responsáveis por grandes tragédias.

O terremoto de 7,8 graus na escala Richter que atingiu o Nepal no mês passado foi o pior fenômeno sísmico em 81 anos no país. A capital, Katmandu, teve seus edifícios destruídos, seus patrimônios históricos tombaram e a população rural sofre com o isolamento causado pela obstrução das poucas e precárias vias de acesso. De acordo com um relatório da ONU, o terremoto do Nepal atingiu 8 milhões de pessoas e segundo as últimas estimativas, 5,5, mil pessoas já morreram devido o abalo.

No decorrer da história, terremotos foram fenômenos responsáveis por grandes tragédias. Confira a seguir o registro dos piores terremotos presenciados pela humanidade:

Chihli, China – 1290

Região famosa por terremotos, Chihli (que teve seu nome mudado para Hopei em 1928), sofreu um abalo sísmico no dia 27 de setembro de 1290 que vitimou algo em torno de 100 mil pessoas.

Shensi, China – 1556

No dia 14 de março de 1556, um terremoto de 8,3 graus na escala Richter balançou a China causando a morte de 830 mil pessoas. Este terremoto apesar de não ser o de maior magnitude é considerado o abalo mais avassalador da história devido ao grande número de mortos.

Gravura do terremoto de 1755 em Lisboa

Gravura do terremoto de 1755 em Lisboa

Lisboa, Portugal – 1775

Às 9 horas e dois minutos da manhã de primeiro de novembro, Lisboa, capital de Portugal, é atingida por um terremoto deixando um numero de aproximadamente 100 mil mortos. O tremor de algo próximo a 9 graus destruiu grande parte da cidade e provocou tsunamis que varreu Lisboa. A cidade ainda teve que enfrentar uma série de incêndios que consumiu muitos prédios.

Valdivia, Chile – 1960

No dia 22 de maio de 1960, Valdívia no Chile foi o epicentro do terremoto mais violento já registrado: 9,57 pontos na escala Richter. Para se ter uma noção de como forte foi o tremor, o terremoto atingiu várias localidades no Pacífico e provocou a erupção do vulcão Puyehue. Cerca de 5700 pessoas morreram vitimas do terremoto.

 Kobe, Japão – 1995

No dia 17 de janeiro de 1995, um terremoto que durou em torno de 20 segundos, provocou a morte de aproximadamente 6500 pessoas e o prejuízo de 100 bilhões de dólares ao Japão. O tremor atingiu magnitude de 6,8 pontos na escala Richter.

Sumatra, Indonésia – 2004

O terremoto de 9,1 graus na escala Richter, que teve seu epicentro a 30 km de profundidade no Oceano Índico, arrasou a ilha de Sumatra no dia 26 de dezembro de 2004. O tremor de terra que vitimou 230 mil pessoas e atingiu 14 países na região provocou tsunamis que foram registrados por várias pessoas. As imagens rodaram o mundo e mostraram o quão avassalador pode ser a força da natureza.

Imagem aérea do terremoto de Sendai, no Japão, em 2011

Imagem aérea do terremoto de Sendai, no Japão, em 2011

Sendai, Japão – 2011

No dia 11 de março de 2011, o Japão foi atingido por um terremoto cujo epicentro foi localizado no Oceano Pacífico, a 160 km distante da costa japonesa. O tremo atingiu magnitude de 9 graus na escala Richter sendo considerado o pior terremoto do Japão e um dos mais violentos já registrado no mundo. O abalo sísmico provocou uma tsunami com ondas de 10 metros de altura que atingiu em cheio a cidade de Sendai, na ilha de Honshu. A usina nuclear de Fukushima começou a liberar material radioativo quando foi atingida pelo tsunami.

Sobre » História em Cartaz

Fatos, curiosidade e referências históricas de filmes, séries de TV, games e livros você encontra aqui no História em Cartaz, a coluna que vai te mostrar que Historia não é um assunto chato.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários