10 personalidades históricas em Doctor Who

Luiz Alexandre Andrade
@luizalexandre82

  domingo, 06 de setembro de 2015

Coluna /// História em Cartaz História em Cartaz

10 personalidades históricas em Doctor Who

De Van Gogh à Ricardo Coração de Leão

Olá,  whovians! E olá para os não  whovians também, alem do mais todos são bem vindos, pois espaço na TARDIS é coisa que não falta. (Ah, “whovian” são os fãs de Doctor Who)

Doctor Who é uma das séries de ficção científica mais amadas e cultuadas da TV.  Produzida pela BBC, o programa estreou em 1963 e mostra as aventuras de um alienígena do planeta Gallifrey que viaja através do tempo e do espaço a bordo da sua nave, a TARDIS.

Quando estreou, Doctor Who tinha uma finalidade: ser um programa para toda a família! Junto com o Doutor, um Senhor do Tempo, o público viajaria para lugares fantásticos explorando conceitos científicos além de visitar fatos marcantes da história humana.

Durante os mais de cinquenta anos que a série possui, o Doutor já visitou a Roma Antiga, a Londres vitoriana, a França durante sua Revolução e encontrou com grandes nomes da história como Napoleão e Vincent Van Gogh .

Para comemorar os 10 anos da “Era Moderna” da série, hoje vamos viajar pelo tempo e o espaço no melhor estilo que apenas um Senhor do Tempo poderia proporcionar. Puxem a alavanca e vamos conhecer 10 personalidades históricas que já deram as caras em Doctor Who.

1- Ricardo Coração de Leão

Ricardo I (ou mais famoso como Ricardo Coração de Leão) foi rei da Inglaterra entre 1189 e 1199. O apelido “Coração de Leão” vem dos seus feitos como guerreiro e líder militar. Após vender parte do tesouro real, Ricardo iniciou a Terceira Cruzada, mas no regresso para casa, encontrou com Leopoldo da Áustria que lhe fez prisioneiro (Leopoldo e Ricardo protagonizaram desavenças durante a conquista do Acre em 1191). O rei inglês ficou prisioneiro durante meses sob custódia de Henrique VI, imperador do Sacro Império. Ricardo Coração de Leão morreu em 1199 devido a ferimentos no abdômen causado por uma flecha.

No episódio “The Crusade”(1965), o Primeiro Doutor (William Hartnell) encontra Ricardo Coração de Leão hesitante em resgatar Barbara das mãos de Saladino, líder mulçumano que resistiu aos cruzados europeus.

2- Napoleão Bonaparte

Napoleão Bonaparte é aquele tipo de personalidade histórica que dispensa apresentações. Presente nos nossos livros didáticos, Bonaparte foi um grande líder militar e político que se destacou na fase final da Revolução Francesa. Tornou-se imperador da França em 1804 e foi responsável por tornar o exercito francês o mais poderoso de toda a Europa. Ainda não se sabe ao certo como Napoleão Bonaparte morreu, acreditasse que tenha sido envenenado. Bonaparte morreu em 1821 aos 51 anos.

No episódio “The Reign of Terror” (1964), o primeiro Doutor encontra Napoleão Bonaparte e testemunha a chegado do militar ao poder através do Golpe 18 Brumário. Neste mesmo episódio temos a figura de Maximilien Robespierre, líder dos Montanheses e um dos principais nomes da Revolução Francesa.

3- Charles Dickens

Charles John Huffman Dickens é um dos expoentes do Realismo inglês e um dos maiores escritores da Inglaterra vitoriana. Escreveu diversos romances, peças teatrais e textos jornalísticos expondo os problemas sociais e as péssimas condições de vida e trabalho dos operários. Dickens esteve à frente de projetos sociais como a busca de melhores condições educacionais e sanitárias. Entre suas principais obras destacam-se “Oliver Twist” (1839) e “Um Conto de Natal” (1843).

No episódio “The Unquiet Dead” (2005), o Nono Doutor (Christopher Eccleston) encontra o escritor inglês e juntos desvendam o mistério envolvendo “fantasmas”.

4- Madame de Pompadour

Jeanne Antoinne d’Etiolles Poison, a Madame de Pompadour, foi uma das mulheres mais influentes do século 18. Amante do rei Frances Luis XV, também era apelidada de “rainhazinha” já que chegou a governar Versalhes, comportando-se como uma verdadeira monarca. Aos 42 anos foi diagnosticada com pneumonia e faleceu no dia 14 de abril de 1764.

No episódio “The Girl In The Fireplace” (2006), o Décimo Doutor (David Tennant) torna-se um grande amigo da Madame de Pompadour.

5- Agatha Christie

Um dos maiores nomes da literatura mundial, Agatha Mary Clarissa Christie ficou conhecida como a “Rainha/Dama do Crime” por ter se destacado no gênero romance policial. Vendeu bilhões de copias de livros. Entre suas principais obras destaca-se “Ten Little Niggers” (1939) e The Mysterious Affair at Styles” (1920), romance policial onde estreou o detetive belga Hercule Poirot.

No episódio “The Unicorn and The Wasp” (2008), o Décimo Doutor encontra Agatha Christie. O ano é 1926 e após acompanhar o Doutor numa aventura cheia de mistérios, a escritora desaparece. O desaparecimento de Agatha Christie é um dos momentos mais curiosos (e famosos) da vida da autora. Após descobrir que seu marido estava apaixonado por outra mulher, Christie some. Seu carro é encontrado em um barranco no lago Silent Pool, com os faróis acesos, no dia 4 de dezembro de 1926. A notícia do desaparecimento da autora se espalha e até aviões são usados em sua busca.

Após 11 dias do seu desaparecimento, a policia é informada que Agatha Christie encontrava-se no Hydropathic Hotel, onde estava hospedada sob o pseudônimo de Teresa Neele. No dia 19 de setembro, Agatha é encontrada. A autora chegou até a alegar amnésia, mas segundo algumas teorias, seu “sumiço” foi proposital e tinha como função aumentar as vendas do seu livro “The Murder of Roger Ackroyd”.

6- William Shakespeare

“Romeu e Julieta”, “Sonhos de Uma Noite de Verão”, “Ricardo III”, “O Mercador de Veneza” e “Mcbeth” são algumas das obras mais famosas de todos os tempos e todas tem em comum o mesmo autor: William Shakespeare. Um dos mais importantes dramaturgos do mundo, Shakespeare produziu um grande conjunto de obras que vão desde ficções históricas a comédias. Era um autor bastante respeitado no seu tempo e até hoje suas obras são revisitadas na TV, no teatro e no cinema.

No episódio “The Shakespeare Code” (2007), o Décimo Doutor encontra o dramaturgo inglês cuja uma de suas peças está sendo controlada por bruxas.

7- Vincent Van Gogh

Considerado um dos melhores pintores de todos os tempos, as obras e as técnicas de Van Gogh influenciaram o expressionismo e o fauvismo. O que se sabe a respeito da sua vida deve-se as numerosas cartas que trocava com seu irmão, Theo, que o mantinha financeiramente. O artista viveu em Paris, em Arles (onde conheceu Paul Gauguin). Van Gogh entrou em depressão e passou a ter comportamento violento (chegou a cortar a própria orelha). Foi internado numa clinica psiquiátrica em 1889, porém quando 1890 retornou a Paris, sua depressão não havia regredido e suicidou-se com um tiro no peito.

Vincent Van Gogh não conseguiu vender um único quadro seu durante a vida, porém hoje suas obras são consideradas as melhores já realizadas. “Girassóis”, “A Igreja de Auvers”, “Os comedores de batatas” e “Noite Estrelada” são alguns dos quadros do artista.

No episódio “Vincent and the Doctor” (2010), o Décimo-Primeiro Doutor (Matt Smith) viaja junto com Amy para 1890 e encontram Van Gogh num dos episódios mais emocionantes da “Era Moderna”.

8- Nefertiti

Nós já tivemos a oportunidade de falar sobre Nefertiti aqui no “História em Cartaz”. Esposa de Akhenaton, Nefertiti foi uma das rainhas mais influentes do Egito Antigo. Sua imagem mais famosa é de um busto encontrado durante uma escavação em Tell El-Armana, o qual lhe deu a fama de ter sido bela. Pouco se sabe da vida de Nefertiti. Por volta de 1352 a.C.  seu nome simplesmente desaparece da vida política.

No episódio “Dinosaurs on a Spaceship”, o Décimo-Primeiro Doutor encontra com Nefertiti  num espaçonave repleta de dinossauros!

9- Rainha Elizabeth I

Isabe I, ou Elzabeth  I, foi rainha da Inglaterra responsável por tornar seu reino o mais próspero da Europa. Filha de Henrique VIII e Ana Bolena, Elizabeth ficou conhecida como a “Rainha Virgem” por nunca ter casado ou deixado nenhum herdeiro. Governou a Inglaterra dividida por questões religiosas, mas unificou o reino ao dominar a nobreza e afastando a Igreja do poder. Durante seu reinado, as artes floresceram destacando vários escritores como o tão famoso William Shakespeare.

O Doutor já encontrou com a rainha inglesa em diversos momentos: em 1965 no episódio ‘”The Chase” (Primeiro Doutor), em 2007 no episódio “The Shakespeare Code  (Décimo Doutor) e no  especial de 50 anos da série, “The Day of the Doctor” (Décimo-Primeiro Doutor), em 2013.

10- Winston Churchill

No século 20, uma das personalidades históricas de grande destaque é o primeiro-ministro inglês Winston Churchill. Iniciou sua carreira política em 1900 como membro do Partido Conservador, mas foi durante a Segunda Guerra Mundial que ganhou  grande destaque ao ser nomeado primeiro-ministro e ministro da Defesa. Esteve na liderança de várias alianças entre os países (e também com a União Soviética) para enfrentar Hitler. Em 1946, criou a expressão “cortina de ferro” para designar a bipolaridade mundial entre os Estados Unidos e a União Soviética no nascimento da Guerra Fria. Morreu aos 90 anos em 1965.

O Doutor já encontrou com Winston Churchill em vários episódios: “The Beast  Bellow”, “Victory of the Daleks”, ‘’The Pandorica Opens” e em  “The Wedding of  River Song” (todos  com o Décimo-Primeiro  Doutor) exibidos entre 2010 e 2011.

Sobre » História em Cartaz

Fatos, curiosidade e referências históricas de filmes, séries de TV, games e livros você encontra aqui no História em Cartaz, a coluna que vai te mostrar que Historia não é um assunto chato.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários