World War Z pode virar game!

World War Z, livro escrito por Mark Brooks, teve seus direitos de adaptação para video-games assegurados pela Paramount, estúdio que produz atualmente o filme baseado no livro.

Basicamente, o estúdio assegurou os diretos de produzir “game eletrônico baixável; game eletrônico para dispositivos portáteis; cartuchos e discos de games” e “jogos eletrônicos online“. O que isso significa? Que eles podem fazer um game de World War Z para portáteis, para consoles de mesa, para navegadores, jogos online, que sejam em formato físico ou não.

Mas isso significa que vão fazer?” – Não. Significa que podem. Basicamente, a Paramount joga seguro e garante que ninguém fure os olhos dela caso o filme seja um sucesso. E, como World War Z é um livro de zumbis, o material é fácil para adaptar para um game.

Aliás, pelo andar da carruagem, é mais fácil a gente ver uma versão jogável de World War Z do que ver o filme propriamente dito. Originalmente marcado para sair no fim de 2012, o longa já foi adiado para 2013, sofreu problemas durante sua produção, recentemente contratou um novo roteirista para dar um trato no roteiro do filme. Enfim, está bem complicado do projeto deslanchar, apesar das filmagens já feitas.

World War Z é o relato de uma guerra contra zumbis feito por um oficial da ONU, dez anos depois do massacre.

Assim que surgirem mais novidades sobre o filme e/ou um possível game, a gente avisa.

via Siliconera

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...