World of Warcraft perde 2 milhões de jogadores

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 09 de novembro de 2011

De outubro de 2010 até hoje, World of Warcraft já perdeu cerca de 2 milhões de jogadores e a Blizzard estuda maneiras de aumentar o número de subscritores do jogo

“OMG, perdeu 2 milhões de jogadres? Onde está toda essa gente??”

Rá, muito engraçado amigo. Mas o assunto é sério.

Segundo o IGN, cerca de 2 milhões de jogadores deixaram de estar inscritos no, por enquanto, mais popular MMORPG do planeta, o World of Warcraft.

A Blizzard anunciou ontem que, de setembro pra cá, cerca de 800 mil assinaturas deixaram de existir, causando um grande contraste entre o mesmo período do ano passado, onde o jogo tinha cerca de 12 milhões de jogadores inscritos.

O CEO da Blizzard, Mark Morhaime, diz que a queda de popularidade do jogo só acontece no ocidente, já que WoW se mantém imensamente popular na China e ainda mantém o posto de MMORPG mais popular do mundo, mas ele também disse que a Blizzard sabe que “existem melhorias que nós [Blizzard] podemos fazer no conteúdo do jogo“.

Uma dessas melhorias deve ser o novo pacote de expansão do game, o Mist of Pandaria, que deve ser lançado nas próximas semanas. Mark Morhaime, porém, diz que a expansão não é o plano da Blizzard para recuperar os jogadores perdidos. “O objetivo [de Mist of Pandaria] não é ir lá e conseguir novos usuários, essa é uma estratégia diferente. O objetivo é criar uma ligação com o jogo e se a gente fizer do jeito certo, causar um impacto que eventualmente vai trazer de volta esses usuários, enquanto os jogadores falam uns para os outros sobre o novo conteúdo que eles estão jogando“.

Uma das estratégias citadas pelo CEO da Blizzard para conquistar novos usuários é, claro, o lançamento do jogo e suas expansões em português brasileiro em solo canarinho, no dia 6 de dezembro, com mensalidades acessíveis ao público-alvo da ação. Pode ser que a iniciativa não renda os tais 2 milhões de jogadores perdidos, mas deve render bons frutos para a empresa.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários