Vídeo mostra um pouco das batalhas de The Elder Scrolls V: Skyrim

Um novo vídeo de The Elder Scrolls V: Skyrim foi divulgado e, nele, podemos dar uma boa olhada no sistema de batalha do game.

Tudo ocorre em primeira pessoa, mas é possível trocar para terceira pessoa. O jogador pode empunhar duas armas, escudos, ou até equipar dois tipos de magias diferentes. Entre elas: parar o tempo, convocar dragões e uma espécie de raio mostrado no vídeo. No total, são 20 tipos de magias, mais de 5 escolas, 85 feitiços e ainda é possível criar alguns. O jogo deve estar gigantesco.

O grande barato, que tem deixado todo mundo animado, é o fato dos dragões serem infinitos e gerados aleatoriamente. Você pode estar cavalgando tranquilamente e, do nada, aparecer um dragão. Ou pode estar no meio de uma batalha complicada e ainda ter esse desastre.

Aliás, o vídeo mostra alguns dragões.

The Elder Scrolls V: Skyrim, desenvolvido pela Bethesda, será lançado para PS3, Xbox 360 e PC no dia 11 de novembro de 2011 ou, para os íntimos, 11/11/11.

 

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...