Valve e Nvidia revelam novidades para o mercado de hardwares

Hoje, dia 8 de janeiro, oficialmente teve início a CES 2013, em Las Vegas, nos EUA. Na feira, são apresentadas as novidades que serão lançadas no mercado tecnológico em breve.

Quem apareceu por lá com novidades no mercado de hardwares para games foram a Valve e a Nvidia. Vamos ver o que as empresas mostraram na CES 2013.

Project Shield

A Nvidia surpreendeu muita gente com o anúncio do Project Shield, sua tentativa de entrada no mercado dos consoles portáteis. O console tem uma tela multitouch de 5 polegadas, resolução de 1280×720 HD e 294 pontos por polegada. A ideia é rodar jogos, aplicativos e conteúdo multimídia Android, além de jogos de PC via streaming.

Jogos de PC? Vou poder jogar Skyrim em um portátil?” – Sim e não. Na verdade, os jogos de PC precisarão rodar em um PC com placa de vídeo Nvidia e controlados pelo Project Shield. A execução de jogos via streaming é uma das tendências para o futuro do mercado dos games.

O Project Shield também possui uma saída HDMI, que permite exibição de jogos e vídeos em qualquer televisão HD.

Já a outra novidade veio da  Xi3, que anunciou um dispositivo chamado Piston em parceria com a Valve. O hardware possui 1Tb de espaço de armazenamento e foi feito para otimizar o funcionamento do Steam, plataforma online da Valve. Com porta de rede, entrada e saída de áudio, quatro entradas USB 3.0 e mais quatro USB 2.0, quatro entradas eSATAp, duas entradas Mini Display e uma entrada Display Port/HDMI, o Piston é ideal para levar a experiência do Steam para sala de estar dos usuários.

Piston

Ainda é cedo pra falar ou analisar, mas a impressão que tenho (já que as especificações técnicas do produto não foram divulgadas), é que o Piston se trata de um “transporte” entre o PC e sala de jogo do gamer. Com as suas milhões de entradas específicas, é muito fácil imaginar um cenário onde um jogador compra algum lançamento no Steam, coloca pra rodar no PC e usa o Piston para transferir essa jogabilidade para a TV da sala, onde ele consegue jogar usando um controlador genérico com entrada USB.

Seja como for, não confundam o Piston com o Steambox, console que a Valve está produzindo. Segundo o Polygon, esse dispositivo é apenas um dos que a empresa está exibindo na CES 2013 e não se trata do seu “Console com C maiúsculo”.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...