Um remake de Final Fantasy VII mataria a franquia, diz presidente da Square-Enix

  Leandro de Barros  |    terça-feira, 26 de junho de 2012

Presidente da Square-Enix acha que um remake de Final Fantasy VII seria sinal de que o estúdio não consegue fazer um game tão bom quanto o clássico do PsOne

Por anos, os fãs pedem por um remake de Final Fantasy VII na nova geração de consoles. Os fãs clamam por um Final Fantasy VII no PS3 e Xbox 360. Os fãs choram na expectativa de ver Cloud, Tifa (essa principalmente, if you know what I mean…), Aeris e Sephirot em alta definição e com gráficos refeitos.

Mas saibam de uma coisa: o remake só virá para matar a franquia ou quando a Square-Enix fizer um Final Fantasy melhor que o VII. E quem diz isso é o próprio presidente da empresa, o senhor Yoichi Wada.

Wada disse aos acionistas da Square-Enix que um remake de Final Fantasy VII causaria danos irreparáveis à franquia hoje. Ele diz isso porque acredita que fazer um remake de FF VII é a mesma coisa que atestar que a Square não é capaz de fazer um jogo tão bom quanto o clássico do PsOne nos consoles de hoje.

Segundo Wada, fazer um remake de Final Fantasy VII seria matar a franquia, encerrá-la com esse remake e partir para outras idéias. A não ser, claro, que a Square-Enix faça um Final Fantasy que seja tão bom ou melhor que Final Fantasy VII nos próximos anos. É aquele complexo que costuma atingir profissionais que chegaram ao topo muito rápido.

Apesar de se negar a fazer um remake de FF VII, a Square-Enix não deixou a franquia  morrer, fazendo lançamentos dentro da série  em outras mídias e plataformas. Além do game de PsOne e PC, Final Fantasy VII ainda possui uma “sequência” para PS2 chamada Final Fantasy VII: Dirge of Cerberus, um prequel para o PSP chamado Final Fantasy VII: Crisis Core e um filme animado que serve como sequência do game chamado Final Fantasy VII: Advent Children. Além de um ou outro produto também, como livros e tal.

O último Final Fantasy lançado pela Square foi Final Fantasy XIII-2.

via Andriasang


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários