Trailer do gameplay de Driver San Francisco

O novo jogo da franquia Driver, Driver San Francisco, ganhou um longo e explicativo trailer sobre seu gameplay hoje. O vídeo está lá em cima, recomendo que assiste.

No jogo, assumimos mais uma vez o papel do detetive Tanner que vai ser o possível e o impossível para cumprir o seu trabalho. Driver San Francisco retorna diversos pontos e características da clássica jogabilidade da série, uma das pioneiras do estilo “mundo aberto”. Dessa vez, a cidade de San Francisco está viva sob os pneus do seu carro.

Uma das grandes novidades do game é a funcionabilidade Shift. Se bem entendi como ela funciona, com ela o jogador pode assumir o papel de qualquer motorista da cidade, efetivamente assumindo o controle do carro onde a pessoa está.

Uma das coisas interessantes citadas no trailer é a recriação de cenas de perseguição famosas do cinema e TV no game. As perseguições são uma das marcas de Driver.

Driver San Francisco será lançado para PC, PS3, Xbox 360 no dia 30 de Agosto.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...