Star Wars: Battlefront, Mass Effect: Andromeda e mais na conferência da Electronic Arts

A EA começou sua conferência na E3 2015 com o primeiro vídeo do novo Mass Effect que tem como subtítulo Andromeda e será lançado no final de 2016. A publicadora também prometeu mais três IP, uma delas completamente diferente do que todos imaginam.

Na sequência conseguimos ver um novo vídeo do novo Need for Speed, anunciado há poucas semanas atrás. Segundo o apresentador, o novo game é inspirado na customização do Underground e no mundo de Most Wanted. Ele prometeu ainda que o mundo desse novo Need for Speed é quase duas vezes maior que o último game da franquia, Rivals. O jogo sai em 3 de novembro. Um gameplay também foi mostrado.

Na sequência, Jeff Hickman sobe ao palco para mostrar Star Wars: The Old Republic e o novo pacote de expansão The Knights of Fallen Empire, desenvolvido pela BioWare, e se gratuito para todos os assinantes. O primeiro vídeo da expansão foi exibido, e um trailer completo foi prometido para ser divulgado online.

A primeira nova IPs da EA é Unravel e Martin Sahlin, diretor criativo, subiu ao palco para mostrar e falar sobre o game e sobre as responsabilidades de o fazê-lo. Unravel é um clássico plataforma 2D com um belo visual. Ainda tivemos tempo para ver mais uma vez Plants vs. Zombies: Garden Warfare 2, que já havíamos visto na conferência da Microsoft. O apresentador prometou várias novas classes para os personagens, além do formato single player ou split-screen. O jogo chega no primeiro semestre de 2016 e com todos os DLCs free.

Chegou a hora da EA Sports. O primeiro jogo esportivo a ser mostrado é o NHL 16. Foi falado também sobre as melhorias do Ultimate Team em todos os esportes. NBA Live 16 é a bola da vez e como sempre o discurso é que a EA escutou o feedback dos jogadores. O app GameFaceHD foi apresentado, basicamente é uma câmera em seu celular que captura seu rosto e passa para o jogo. Mais sobre o sistema físico do jogo também foi mostrado, com todas as melhorias realizadas.

Jogos mobile também são o assunto da vez na conferência da EA, com o destaque para o novo jogo da franquia Star Wars e Minions Paradise, ambos para plataformas móveis.

FIFA 16 começa com um recorte de cenas da carreira de Pelé, narrado pelo próprio. Edson Arantes sobe ao palco da E3 2015 para contar uma história de quando ele foi promover o futebol nos Estados Unidos, jogando pelo New York Cosmos e que os pênaltis eram os momentos mais difíceis para ele.

As novidades de FIFA 16 também foram apresentadas, sistema de defesa e interceptação foram melhorados, assim como as enfiadas de bola. O diretor criativo do jogo prometeu ainda mais momentos de magia, como ele descreveu. Um sistema de tutoriais enquanto se joga também foi mostrado, e claro, o futebol feminino como anteriormente mostrado. Um novo trailer, narrado por Pelé também foi mostrado.

Mirrors Edge: Catalyst é o próximo jogo a ser apresentado pela EA prometendo a história de origem de Faith e a engine Frostbite 3, sem loading screens e sem levels, completamente livre. O trailer também foi apresentado e o jogo será lançado em 23 de fevereiro de 2016.

Voltando para os esportes tivemos os primeiros momentos do Madden NFL 16. Um novo modo foi anunciado, o Draft Champions, um modo que vai explorar a maneira de jogar para os amantes de Fantasy Football. As melhorias de costume na jogabilidade e física do jogo também foram comentadas.

Peter Moore, o COO da EA volta ao palco para mostrar Star Wars: Battlefront, desenvolvido pela DICE. Um multiplayer para 40 jogadores em simultâneo foi anunciado e também Battlefront Missions, um jogo single player contra IA ou split-screen. O gameplay do game, capturado de um PS4, foi mostrado pela primeira vez. O jogo sai em 17 de Novembro.

Você ainda pode ver toda a conferência se quiser:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...