Square-Enix anuncia Final Fantasy Agito para smartphones

Agito

No já longínquo ano de 2006, a Square-Enix anunciou um novo projeto chamado Fabula Nova Crystallis, abrigando três jogos girando em torno da mesma temática. Na época, os games seriam Final Fantasy XIII, Final Fantasy Versus XIII e Final Fantasy Agito.

Como nem todos os planos são feitos para dar certo, esse também não deu. Eventualmente, a Square mudou tudo, Final Fantasy XIII ganhou várias sequências, Final Fantasy Versus XIII virou Final Fantasy XV e o que seria Final Fantasy Agito foi lançado no Japão como Final Fantasy Type-0 – tudo isso dentro da marca Fabula Nova Crystallis.

Agora, a Square anunciou através da revista Famitsu a existência de um novo Final Fantasy Agito, um free-to-play RPG com multiplayer e baseado no mesmo mundo de Type-0.

A ideia é basicamente a mesma do game anterior, mas transformá-lo num game online onde o jogador poderá criar seu próprio personagem e frequentar a academia de magia de Type-0.

Em termos de jogabilidade, o game funcionará também como FF Type-0, com um sistema de ciclos. Quando um ciclo termina, outro começa. Os jogadores poderão tomar decisões que irão gradualmente alterar o formato de cada ciclo e decisões tomadas num ciclo podem fazer com que as decisões (ou a quantidade de decisões) num ciclo a seguir sejam diferentes.

A ideia é que cada um desses ciclos tenha múltiplos capítulos de jogabilidade e cada capítulo dure duas semanas em tempo real – para que o game se torne uma experiência “viva” para os jogadores. Com isso, os 10 primeiros dias de cada capítulo estarão destinados para missões pessoais dos jogadores e os últimos 4 dias serão para missões em grupo. Veja um vídeo:

Final Fantasy Agito, para iOS e Android, sai entre dezembro e fevereiro no Japão.

via Polygon

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...