Só 20% dos jogadores chegarão ao final de Hitman: Absolution

Hoje em dia existem muitos fatores que influenciam o desenvolvimento de um game. Se os beta testers dizem que o jogo está muito difícil, os desenvolvedores vão lá e mudam. Se alguém diz que o game tem uma falha aqui ou ali, os desenvolvedores arrumam, e por aí vai.

A IO Interactive mandou fazer alguns estudos métricos em Hitman: Absolution e descobriu um dado alarmante: cerca de 80% daqueles que começarem a campanha do game não vão chegar ao fim da aventura!

Nós estamos usando estudos métricos bem mais agora do que antes, pelo bem ou pelo mal. O jogador comum provavelmente nunca vai terminar o game, o que é muito triste. Ou talvez eles apenas joguem uma vez, mas o jogo foi construido para pessoas que querem voltar e jogar cada fase e pegar tudo que há pra pegar. O jogo foi feito para durar ao invés de ser uma experiência para uma única vez“, disse Tore Blystad, diretor do jogo.

Blystad ainda disse que acredita que as pessoas não conseguem se comprometer em jogar um game por tantas horas assim. “Sabendo que apenas 20% dos jogadores vão ver o final do game é horrível. Faz com que as pessoas que trabalham no game fiquem bem triste“.

O diretor do game ainda disse que a campanha de Hitman: Absolution não sofreu alterações por causa dessa informação, já que a história do game não comportava as alterações necessárias.

Hitman: Absolution, publicado pela Square-Enix dependendo do país, será lançado para PCPS3 e Xbox 360 em 20 de novembro. Quem comprar o game na pré-venda, ganhará um extra bem interessante.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...