Nintendo responde à pedido para homenagear Robin Williams no próximo Zelda

Depois da morte de Robin Williams, na semana passada, diversas homenagens começaram a pipocar de diversas fontes. Desde a linda e tocante homenagem da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood até os comentários e testemunhos de diversas personalidades que conheceram Robin Williams pessoalmente, passando pelos video-games, claro.

Na semana passada, a gente já viu que a Blizzard estuda criar um NPC homenageando Robin Williams em World of Warcraft, game onde o comediante costumava se divertir. Agora, quem faz o mesmo é a Nintendo.

Talvez você saiba, talvez não, mas Robin Williams era um grande fã de The Legend of Zelda. Tão fã nomeou sua filha como Zelda. Por isso, mais de 100 mil jogadores assinaram uma petição para que a Nintendo faça um tributo ao comediante no próximo game da franquia, nomeando um dos personagens do título como “Robin”.

Em um comunicado divulgado pelo Polygon, a Nintendo disse que está ciente do pedido dos fãs, mas que não vai discutir possíveis homenagens ao ator durante o período de luto. A Big N, porém, não exclui a possibilidade de lembrar de Robin Williams no próximo jogo da franquia.

[quote]Robin Williams era amado na Nintendo. Nossos corações vão com a sua família inteira, especialmente com Zelda Williams, com quem já trabalhamos várias vezes. Nós agradecemos a manifestação de apoio da comunidade de jogadores e ouvimos aos pedidos dos fãs para honrá-lo em um game futuro. Nós não discutiremos o que poderá ser possível em futuros jogos nesse momento tão difícil, mas guardaremos nossas memórias de Robin com carinho[/quote]

É importante lembrar também que a Nintendo já trabalhou algumas vezes com Robin Williams (e sua filha Zelda, como mencionado acima) em uma série de comerciais para divulgar The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D, o remake do mais famoso jogo da franquia para o 3DS.

Veja alguns dos comerciais abaixo:

E também um comercial de The Legend of Zelda: Skyward Sword:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...