Nintendo divulga comercial de The Legend of Zelda: Skyward Sword com Robin e Zelda Williams

  Leandro de Barros  |    segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O ator e comediante Robin Williams e sua filha Zelda já viraram garotos-propaganda da Nintendo! Dessa vez, pai e filha estrelam um comercial para o game The Legend of Zelda: Skyward Sword

Você provavelmente já deve ter ouvida essa história: Robin Williams, famoso ator e comediante americano, gostava tanto de The Legend of Zelda que resolveu nomear a sua filha de Zelda.  Esse papo não é novo (não deixa de ser legal, claro) e você já deve conhecer.

Você também já deve ter visto o comercial que os dois fizeram para o remake de The Legend of Zelda: Ocarina of Time que foi lançado esse ano para o Nintendo 3DS. O comercial fez tanto sucesso, mas tanto sucesso, que os dois viraram uma espécie de garotos-propaganda de The Legend of Zelda.

Além de Ocarina of Time 3D, pai e filha já estrelaram um comercial de Legend of Zelda: Four Swords Anniversary Edition, que você pode ver clicando aqui, e agora estrelam um para The Legend of Zelda: Skyward Sword, novo game da franquia que vai sair para o Nintendo Wii no fim do ano (e me deixa com vontade de comprar um console já no fim da vida).

Veja o vídeo lá em cima e não esqueça de dar sua opinião nos comentários abaixo. Depois disso, vá ver vááários vídeos do jogo e um novo trailer.

Link é um morador da ilha flutuante Skyloft, e Zelda é possivelmente uma amiga dele. Num vôo com pássaros gigantes pelo céu em volta da ilha, Zelda é capturada e Link recebe as roupas do héroi do tempo para salvar sua amiga. Com a ajuda da personificação humana da Master Sword, Link desce a uma terra governada por forças malignas e parte em busca de Zelda.O inimigo foi nomeado oficialmente como Ghirahim.

The Legend of Zelda: Skyward Sword deve ser lançado no fim do ano para Nintendo Wii.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários