Nintendo ainda tem fé no Wii U, mas já trabalha em novo hardware

Leandro de Barros

  sexta-feira, 16 de maio de 2014

Nintendo ainda tem fé no Wii U, mas já trabalha em novo hardware

Presidente da empresa comenta situação do Wii U, que espera por um "Pokémon" para ficar popular

Parece difícil fazer com que a Nintendo não seja notícia nos últimos dias. Depois de afirmar que novamente não fará uma conferência presencial na E3 2014, divulgar um prejuízo de mais de R$1 bilhão no último ano fiscal e se complicar ao se negar a incluir a possibilidade de casamentos homossexuais em Tomodachi Life, a Big N volta a aparecer por aqui para falar sobre o Wii U.

Em uma rodada de perguntas e respostas com os acionistas da empresa, Satoru Iwata (presidente da Nintendo) revelou que a empresa ainda acredita no Wii U e comparou o console com o GameBoy, que também teve um começo lento de vendas.

O destino de um video-game é normalmente influenciado pela introdução de um único jogo. Como muitos de vocês devem lembrar, antes do lançamento do primeiro jogo de Pokémon, o Game Boy estava mostrando um crescimento lento e muitas pessoas perguntaram se esse seria o fim do portátil. Mas Pokémon mudou sozinho o panorama do sistema, que então começou a ter as maiores vendas no ciclo do portátil

Assim, o executivo revela também que a empresa acredita que as vendas atuais do Wii U não são o máximo que o console vai atingir e que espera que o video-game garante bons resultados nos próximos anos fiscais da empresa – apesar de não esperar que o Wii U tenha o mesmo resultado que o Wii.

Porém, apesar de demonstrar tanta fé assim no Wii U, Satoru Iwata confirmou aos acionistas da empresa que a Nintendo já trabalha no seu novo console e já tem uma ideia de como ele será.

Posso assegurá-los que não estamos num beco sem saída, em que não temos ideias para um novo hardware. Iremos continuar a trabalhar duro para garantir que os consumidores que já possuam nossas plataformas estejam satisfeitos, e para garantir que as pessoas continuem a ver um grande valor em nosso software. Mas gostaria de dizer que estamos nos preparando para nosso próximo sistema de hardware e, na verdade, já temos uma clara ideia sobre a direção que essa plataforma irá tomar.

Obviamente, a gente não deve esperar por um anúncio em breve, mas quem sabe daqui uns 4 ou 5 anos?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários