NÃO, o PS4 NÃO vai bloquear jogos usados

Leandro de Barros

  terça-feira, 11 de junho de 2013

NÃO, o PS4 NÃO vai bloquear jogos usados

Jack Tretton, CEO da Sony America, dá declaração ambígua e confusão sobre os jogos usados no PS4 começa

Ontem, durante a sua conferência pré-E3 2013, a Sony anunciou que o PS4 não teria qualquer tipo de restrições contra jogos usados/emprestados/amigados ou outros “ados”. A platéia que assistia ao evento explodiu em palmas ao mesmo tempo que o vídeo abaixo era colocado no Youtube, tirando sarro da rival Microsoft e o Xbox One:

A “graça” por trás de tudo, caso você não esteja inteirado nas novidades da nova geração de consoles, é que o Xbox One virá com restrições contra jogos usados. Para poder emprestar um game para um amigo, por exemplo, será preciso cumprir uma série de condições (tempo de amizade na Xbox Live e afins) ou pagar uma taxa que equivale ao preço do game novo.

Ao não ter restrições contra jogos usados, o PS4 deu um grande passo na preferência do público – afinal, as restrições do Xbox One mais atrapalham os gamers do que ajudam o mercado.

Porém, hoje, o CEO da Sony America, Jack Tretton, disse que “a decisão das restrições à jogos usados está nas mãos das desenvolvedoras externas. Não é algo que podemos controlar, ditar, mandar ou implementar“.

Como essa declaração tem um mínimo de ambiguidade, já começaram a pipocar posts e tweets dizendo que “O PS4 pode bloquear jogos usados“. Não, não pode.

O que Jack Tretton disse é que o PS4 não terá uma restrição contra jogos usados – mas as desenvolvedoras podem fazer, caso queiram. Isso é algo que, veja só, JÁ ACONTECE! Com o PS3 é assim, com o Xbox 360 assim e até mesmo com o PC é assim! O seu computador não vem com trava anti-jogos usados e ele também não exige conexão permanente à Internet, mas você não consegue jogar Sim City offline, certo? A exigência de conexão permanente do Sim City não vem do seu PC, vem da Maxis e da EA – não é o seu PC que bloqueia, mas os desenvolvedores. Dessa forma, o PS4 NÃO BLOQUEIA jogos usados – quem PODE OU NÃO bloquear são as desenvolvedoras. E, atenção, esse bloqueio é apenas para os multiplayers online desses jogos usados!

A diferença com o Xbox One é que as restrições são do console – o que significa que funcionarão com todos os games, querendo as desenvolvedoras ou não. Mesmo assim, não é impossível vender/comprar jogos usados ou emprestar/trocar jogos com amigos no console da Microsoft. Existem várias regras e restrições (você poderá comprar/vender jogos para lojas parceiras da Microsoft – que por sua vez irão reverter lucros pra empresa, claro), mas você PODE trocar/vender jogos no Xbox One. É mais difícil e chato do que com o PS4, mas é POSSÍVEL.

Resumindo tudo em frases curtas: no PS4, você vai poder comprar/vender jogos usados sem a menor preocupação com restrições. Mesmo que uma desenvolvedora crie uma restrição contra jogos usados, ela só vai funcionar para o seu multiplayer online, você poderá jogar a campanha offline sem problemas. Já no Xbox 360, se você não comprar o usado numa loja parceira da Microsoft, você NÃO vai conseguir jogar DE NENHUMA FORMA sem pagar a tal taxa – que equivale à um jogo novo.

Por isso, mesmo que um game do PS4 venha com a necessidade de manter uma conexão permanente ou Online Passes (ambas as medidas JÁ EXISTEM), não saia por aí gritando “A Sony mentiu! A Sony mentiu!”. É verdade que não existe almoço grátis, como lembra o Kotaku BR, mas a Sony lavou as mãos nesse assunto – tudo vai depender de quem faz e quem compra os games.

Agora você sabe e saber é metade da batalha.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários