Miyamoto volta a negar sua aposentadoria e fala dos seus personagens favoritos da Nintendo

  Leandro de Barros  |    terça-feira, 27 de dezembro de 2011

O lendário criador de Mario e Zelda nega sua intenção de se aposentar em breve e fala mais sobre a Nintendo, o futuro da Big N e mais

O sr. Shigeru Miyamoto, conhecido por 11 em cada 10 gamers do mundo, anda muito comunicativo nos últimos dias. Nesse mês de dezembro, essa já é a terceira entrevista do criador do Mario.

Depois de negar sua aposentadoria e falar sobre as colaborações ocidentais da Nintendo, Miyamoto deu entrevista recentemente ao LA Times e falou sobre vários temas, desde a sua já negada aposentadoria, novidades da Nintendo e muito mais.

Sobre a polêmica aposentadoria, Miyamoto voltou a negar o assunto: “Eu lamento se qualquer coisa que eu disse foi, de alguma forma, relatado de uma maneira que causou algum engano. Pra deixar claro, eu não tenho intenção de me aposentar no momento e eu não me considero velho o suficiente para pensar em aposentadoria em breve“. Depois disso, Miyamoto voltou a recitar o mantra que a Nintendo vem recitando sobre esse assunto: Miyamoto não quer se aposentar, mas em algum momento isso vai acontecer e então ele deve preparar os desenvolvedores mais jovens da empresa pra assumir o seu lugar quando a aposentadoria acontecer.

Miyamoto também comentou as mudanças na indústria dos games desde que começou a trabalhar como desenvolvedor de games. Segundo ele, no começo a questão que os desenvolvedores se faziam era como fazer para ultrapassar as barreiras tecnológicas que os hardwares da época impunham. Hoje, são os consoles que perguntam aos desenvolvedores o que eles podem fazer com todo o potencial disponibilizado.

O presente e o futuro da Nintendo também foram comentados por Miyamoto. Sobre os dois principais games da Nintendo nesse ano, The Legend of Zelda: Skyward Sword e Super Mario 3D Land, Miyamoto definiu o primeiro como “o game de Zelda definitivo” e o segundo como “um desafio para fazer o 3D mais acessível do que o 2D“. Sobre o futuro da Nintendo, Miyamoto comentou que o novo update do Nintendo 3DS permite passar filmes em 3D no portátil e, infelizmente, não falou muito sobre o Wii U.

Quando perguntado sobre seu personagem favorito, Miyamoto desconversou: “É difícil escolher porque todos os personagens são importantes pra mim. Mario, Peach, Luigi, Koopa. Zelda. Toad. Link, claro. Eu tenho de mencionar Donkey Kong… é difícil. Pra mim, Mario é o personagem mais conveniente. Eu sou o tipo de pessoa que pensa na jogabilidade primeiro, depois eu penso no personagem mais adequado para o jogo. O Mario é o nosso personagem mais versátil com quem nós podemos fazer qualquer coisa. É assim que eu vejo as coisas. Como no Wii Fit, por exemplo, eu não acho que o Mario se encaixe nele. Ele ficaria estranho no Wii Fit pra mim“.

Por fim, Miyamoto definiu o mangá japonês como uma das suas grandes influências e inspirações. Inclusive, Miyamoto disse que seu sonho no colegial era ser um mangaká.

Leia a entrevista toda, em inglês, clique aqui.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários