Microsoft promete combater agressivamente qualquer tentativa de espionagem utilizando o Kinect do Xbox One

Leandro de Barros

  terça-feira, 23 de julho de 2013

Microsoft promete combater agressivamente qualquer tentativa de espionagem utilizando o Kinect do Xbox One

Empresa americana afirma intenção de combater judicialmente caso o governo tente utilizar o Kinect do Xbox One para espionagem

Se você não esteve em Marte nas últimas semanas, deve ter ouvido algo (pelo menos uma piada ruim de Facebook) sobre as tentativas de espionagem do governo norte-americano através do mundo. Resumindo de maneira bem porca: o ex-agente da NSA Edward Snowden revelou provas de espionagem feita pelo governo norte-americano em larga escala interceptando sinais de Internet e telefone de mais um bilhão de pessoas pelo mundo.

Em casos como esse, o melhor é aguardar pela liberação de todas as informações de forma clara e transparente para que possamos formar uma opinião sobre o assunto.

Porém, o assunto vira pauta dessa bagaça que chamamos de Supernovo quando lembramos que a Microsoft (uma empresa americana) pretende lançar no mercado um novo video-game que terá uma câmera acoplada e conexão à Internet. Se o governo americano consegue interceptar e espionar as pessoas pela Internet, então ele poderia usar a ~rede mundial de computadores~ e ter acesso ao Kinect do Xbox One e conseguir ter olhos dentro das casas das pessoas.

imagem não tão meramente ilustrativa

imagem não tão meramente ilustrativa

A coisa fica ainda mais preocupante quando vemos que a Microsoft é uma das empresas citadas por Snowden como “fornecedora” de informações dos seus clientes para o governo americano através de softwares como Skype, Outlook e SkyDrive. A Microsoft se defendeu dizendo que não garante acesso ilimitado à nenhum governo em nenhum país, mas que é obrigada a cumprir ordens judiciais e entregar informações de usuários específicos sob exigência legal, praticamente como qualquer outra empresa.

Seja como for, e se algum governo quiser olhar dentro da casa dos seus habitantes através do Xbox One? Em comunicado ao The Verge, a Microsoft expôs sua visão sobre esse cenário, garantindo combater agressivamente qualquer ação do tipo.

Na ausência de alguma nova lei, nós não acreditamos que o governo tenha autoridade legal para nos obrigar ou obrigar qualquer outra empresa que faça produtos com câmeras e microfones a começar a coletar dados de voz ou vídeo. Nós iremos combater agressivamente no tribunal qualquer tentativa de nos forçar a fazer algo nesse sentido

A Microsoft também afirmou que o Kinect terá uma pequena luz ligada sempre que estiver gravando algo, então o usuário poderá ter o controle de como o periférico está sendo utilizado.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários