Mais vídeos e novidades de Street Fighter X Tekken!

  Leandro de Barros  |    quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Mais vídeos de Street Fighter X Tekken foram divulgados na Tokyo Game Show 2011. Descubra a história por trás deste crossover e algumas novidades na jogabilidade do game

Dois novos vídeos de Street Fighter X Tekken foram exibidos na TGS 2011. Vocês devem se lembrar do trailer cinemático do game, onde rolava uma confusão no restaurante do Marshall, certo? Pois bem.

Um dos vídeos de hoje mostra um pouco de gameplay e, o outro, é praticamente um trailer apresentando a história do jogo (esse jogo tem história?) e alguns sistemas também. Veja:

Entre as novidades na jogabilidade, destaca-se a possibilidade de dois ou mais jogadores controlarem diferentes personagens durante uma luta. É possível jogar você e um amigo contra o PC, você contra 3 amigos num vale-tudo, você e seu amigo podem treinar juntos e ir jogar no modo multiplayer, etc.

Além disso, a outra novidade é o so da Caixa de Pandora. Funciona assim: quando o HP do seu personagem estiver quase acabando, você pode sacrificar o seu parceiro e dar um bõnus de força para seu personagem (quando ele fica todo roxo). O problema é: esse bônus dura pouco tempo e quando acaba, você (seu personagem, claro) morre. Porém, o bônus de força é muito grande e se você encaixar uma boa sequência, ganha a luta rapidamente. Realmente é um artifício que vai precisar ser usado com muita cautela.

Os personagens confirmados até agora:

Ryu, Kazuya Mishima, Cole MacGrath (exclusivo do PS3/Vita), Chun-Li, Nina Williams, Ken Masters, Bob, Guile, King, Abel, Craig Marduk, Cammy, Julia Chang, Sagat, Hwoarang, Dhalsim, Poison, Hugo, Guy, Yoshimitsu, Cody, Raven, IbukiKuma, Rolento, Heihachi, Zangief e Lili.

Street Fighter X Tekken será lançado no dia 2 de março de 2012, para o PS3, PS Vita Xbox 360.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários