Hajime no Ippo vai virar jogo no PS3

Hajime no Ippo, um dos mangás mais antigos em publicação no Japão, comemora 25 anos em 2014 e, para celebrar o aniversário de um quarto de século, a série vai ganhar um game para o PlayStation 3.

O jogo foi anunciado pela Namco Bandai e tem lançamento marcado para o dia 11 de Dezembro na Terra do Sol Nascente. Dentre as características do jogo, estão cenas clássicas (e totalmente dubladas!) do mangá no modo História e também a inserção de momentos inéditos escritos apenas para o jogo.

A Namco ainda não revelou quantos ou quais personagens da obra de George Morikawa estarão disponíveis no game, mas nós já podemos contar com pelo menos dois: o protagonista Makunouchi Ippo e seu grande rival, Miyata Ichiro.  O primeiro trailer do game também dá bastante destaque para Sendo Takeshi, grande adversário de Ippo. Outros personagens do mangá, como o glorioso Takamura e o pessoal do Ginásio Kamogawa, obviamente também deverão estar presentes.

Confira o primeiro trailer do título:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...