Geoff Johns diz que um game do Esquadrão Suicida está em desenvolvimento

  Leandro de Barros  |    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Diretor de Criação da DC Entertainment diz que há um game do Esquadrão Suicida em desenvolvimento

Durante uma entrevista com o Kotaku, o Diretor de Criação da DC Entertainment e roteirista de vários títulos mensais da DC Comics, Geoff Johns, fez uma interessante revelação.

Johns conversou com o site durante algum tempo, falando sobre as tentativas da DC de criar um game do Superman. Eu recomendo a leitura da matéria inteira (em inglês). Para isso, clique aqui.

Em um resumo simples, Geoff Johns diz que a DC planeja um game do Superman em breve, porém eles precisam do estúdio certo para desenvolver o projeto. Como o Superman é o cara mais pica das galáxias do Universo DC, as coisas podem ficar um pouco sem graça por causa dos poderes absurdos do Último Filho de Kripton.

Porém, foi no final da entrevista que Johns deu a notícia mais interessante: há um game do Esquadrão Suicida em desenvolvimento. “Nós estamos trabalhando em [um game do] Esquadrão Suicida; está em desenvolvimento no momento.  Eu estou realmente super animado sobre esse projeto. Graças ao conceito [do Esquadrão Suicida], você tem um game onde qualquer um dos personagens principais pode morrer e não é de mentirinha. Umas histórias bem legais podem sair daí“, disse Johns.

Atualmente, o Esquadrão Suicida no Novo Universo DC é composto, principalmente, por Pistoleiro, Arlequina, Tubarão Rei, Aranha Negra e El Diablo.

O Esquadrão é um grupo de super-vilões, uns mais poderosos e famosos do que outros, que se unem para realizar missões suicidas (rá) para o governo americano em troca de redução da pena de cada um. Eles levam sempre uma bomba no pescoço prestes à explodir, caso eles saiam da linha ou não cumpram a missão.

Ainda não há qualquer outro tipo de informação sobre o game.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários