Freebirds anuncia o sucessor de To The Moon

A Freebird Games, desenvolvedora indie de jogos feitos no RPG Maker, revelou hoje o “sucessor espiritual” do seu mais recente sucesso, To The Moon.

Aclamado pela crítica especializada internacional, To The Moon se passa em um mundo onde uma empresa chamada Sigmund Corp. consegue usar uma tecnologia para construir memórias permanentes artificiais como uma espécie de “último desejo” para pessoas que estão prestes a morrer.

O game anunciado hoje vai se chamar A Bird Story e, apesar de ser um sucessor de To The Moon e se passar nesse mesmo universo, estará cronologicamente antes do game de 2011. Resumindo: será uma espécie de prelúdio.

A Bird Story girará em torno de um garoto e um pássaro com a asa machucada. O blog da Freebird explica que, apesar da maioria dos games da empresa terem o seu foco na trama, esse praticamente não terá diálogos.

Confira um “trailer” do jogo:

Como sempre, a trilha sonora de A Bird Story é original e feita pela Freebird Games.

via Freebird Games

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...