EUA reconhece League of Legends como esporte

Leandro de Barros

  terça-feira, 16 de julho de 2013

EUA reconhece League of Legends como esporte

Governo americano agora permite que jogadores estrangeiros possam tirar vistos de trabalho para jogar nos EUA

O governo americano tomou uma decisão recentemente que tem potencial para agradar muita gente pelo mundo a fora: reconheceu League of Legends como um esporte profissional válido.

Com isso, o cenário de eSports, que já estava crescendo bastante por aí, ganha um pouco mais de proeminência e força legal por aí. Com esse reconhecimento do governo americano, jogadores profissionais de outros países podem obter vistos de trabalho nos EUA para ir jogar por alguma equipe local – ou seja, o reconhecimento é bem mais do que simbólico.

Esse é momento divisor de águas. Ele valida eSports como um esporte! Agora nós temos a mesma designação que a NBA ou a NHL ou qualquer outra liga esportiva profissional. Essa decisão abre caminho para outros profissionais de League of Legends se transferirem para times americanos. É como o David Beckham vindo para o LA Galaxy“, explicou Dustin Beck, vice-presidente de esportes eletrônicos na Riot, desenvolvedora de League of Legends.

Contudo, porém e todavia, fica bem claro que o governo americano não tomou essa decisão apenas pelo bem do povo e felicidade geral da nação. Segundo a Riot games, campeonatos de League of Legends estão obtendo audiência assustadora: “Nossos números são mais fortes do que 80 ou 90% dos esportes transmitidos pela ESPN. Em Xangai [num evento All-Star realizado em Maio desse ano], nós tivemos 18 milhões de espectadores únicos. Nós estamos vendo esses números crescerem em cada evento que realizamos“. Ainda em termos de números, a final do Campeonato Brasileiro de League of Legends distribuirá cerca de $100 mil dólares em diferentes etapas: cerca de $40 mil dólares já foram distribuídos durante as quatro etapas classficatórias e os restantes $60 mil estarão em jogo na grande final, entre os dias 19 e 21 de julho.

Seja como for, esse reconhecimento acaba sendo uma vitória para os eSports em geral e abre um precedente BEM interessante para outros games explorarem.

via Polygon


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários