E3 2011 – Resumão da Conferência da Microsoft

Ae!

Hoje rola as conferências de algumas empresas na E3. Começou com a Microsoft falando dos games para o Xbox 360, o Kinect e suas novas funcionalidades.

  • Xbox Live

A Live vai ter uma nova cara, dessa vez praticamente toda controlada por voz com o Kinect. Além disso, algumas grandes parcerias foram fechadas:

Youtube: O Youtube vai ser acessível via Xbox Live. Isso deve casar com essa notícia aqui e você poderá assistir filmes online no seu Xbox;

UFC: Dana White apresentou a parceria entre UFC e Live. Não ficou muito claro, mas dá pra imaginar que se trata de algum pacote para assistir a UFC pelo Xbox;

Bing: “You say it, Xbox finds it”. Esse é o slogan do Bing no Xbox. É bem fácil de entender, é o Bing (sistema de buscas) pra ser usado online no seu console. Você diz “bing supernovo.net” e aparece o nosso site lá ;);

Xbox Live TV: Televisão ao vivo no Xbox. Apenas alguns canais estarão disponíveis e não foi dito se a opção será só para os EUA ou para outros mercados também.

  • Games

Tomb Raider: Foi mostrado um pouco do gameplay de Tomb Raider, foi jogado ao vivo pelo pessoal da Crystal Dynamics. O que deu pra ver foi Lara correndo por uma caverna pra escapar de um perseguidor. Foi também revelado que o game deve estar disponível no ano que vem. Mais ou menos no outono do hemisfério norte (setembro-novembro);

Call of Duty: Modern Warfare 3: A apresentação começou com ele. Foi mostrado um pouco de gameplay também, cenas de combate num submarino e depois no meio de Nova York. O game será lançado dia 8 de novembro com conteúdo exclusivo pro Xbox 360;

Ghost Recon: Future Soldier: Começou com um vídeo, sem gameplay aparentemente. Depois foi feita uma apresentação mostrando a integração com o Kinect: o jogador poderá customizar cada parte da arma através de comandos de voz. Mesmo toda a arma, cada pedacinho. Os tiros também serão sem o controle, só com movimentos do corpo;

Gears of Wars 3: Só foi mostrado gameplay. O jogo tá lindo mesmo, incrível;

Ryse: Game de porrada pro Kinect;

– Forza 4: Lindo, lindo, lindo também. Acho que Forza já pode ter enchido a paciência de muitos, mas está belíssimo;

– Fable: The Journey: Mais um Fable. Esse, com conexão com o Kinect: o jogador faz alguns movimentos com o corpo para executar os poderes e derrotar os inimigos;

Minecraft: Minecraft pro Xbox, com o Kinect. Eu não vi essa parte, só li relatos. :(

Disneyland Adventures: Outro que perdi. Pelo que parece, tem conexão com o Kinect e é pra simular os reinos da Disney;

– Star Wars: Muita gente criticou no twitter, eu achei legal até. Pô, vamos combinar, não é exatamente o game dos sonhos. Mas pegue aquele sabre de luz de plástico que você tem aí, tome cuidado pra não quebrar nada, e pronto! Você é um jedi! :D;

Halo 4: Fechou a apresentação. Um CGI com o Master Chief, coisa linda. Mas só isso. Esse ficou pro ano que vem, ahahaha.

– Mass Effect 3: Recebeu aplausos nas cenas de luta, mas a melhor novidade foi a integração com o Kinect: com comandos de voz, o jogador falará frases que serão compreendidos como comandos no jogo.

  • Kinect

Além de ser usado pela maioria dos games da apresentação e na Xbox Live, o Kinect ganhou games exclusivos. Realmente, a apresentação de hoje foi feita pra bombar o Kinect.

Kinect Sports Season Two: Novos esportes: Golfe e Futebol Americano. Eu não entendi como o Golfe funciona. Eu já joguei golfe uma vez, é difícil pra caramba, e não saquei como jogá-lo no Kinect. Talvez eu seja burro demais pra isso…

Dance Central 2: Mesma coisa que o primeiro, só que com 100 músicas novas e possibilidade de utilizar as do game anterior;

– Kinect Fun Labs: O melhor do Kinect nesse ano. É uma ferramenta interessante do Kinect: será possível escanear rostos e objetos e utilizá-los nos games. Bola dentro da Microsoft.

Bom, é mais ou menos isso. A conferência não foi genial como de outros tempos, mas não ficou feio. A Microsoft fez o feijão com o arroz.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...