E a THQ foi vendida! – saiba quem ficou com cada pedaço da empresa

Como a gente já havia divulgado, a THQ entrou com um pedido de falência nos EUA. O processo pelo qual a empresa passava envolveria um leilão a várias franquias e estúdios subsidiários da THQ, na tentativa de angariar fundos para pagar as dívidas da companhia.

O Kotaku teve acesso à uma carta aberta da THQ aos seus empregados e à um documento oficial da Corte de Falências dos EUA, com o resultado desse “leilão”.

Saiba quem comprou qual parte da THQ na lista abaixo:

  • a Relic Entertainment, subsidiária da THQ e desenvolvedora da franquia Company of Heroes, foi comprada pela SEGA por $26,6 milhões de dólares;
  • a THQ Montreal, desenvolvedora de Underdog e 1666,  foi para a Ubisoft por $2,5 milhões de dólares;
  • o projeto Evolve, em desenvolvimento pela Turtle Rock Studios, foi adquirido pela Take-Two Interactive por $10,894 milhões;
  • a Volition, desenvolvedora da franquia Saints Row, foi comprada pela Koch Media por $22, 312 milhões de dólares. Detalhe: a Ubisoft também tentou adquirir o estúdio, oferecendo $5,4 milhões;
  • a franquia Homefront ficou com a Crytek, desenvolvedora da série Crysis, por $544 mil dólares;
  • a série Metro foi para a Koch Media por $5,877 milhões;
  • a licença da franquia South Park, assim como o South Park: The Stick of Truth, foi para a Ubisoft, por $3,265 milhões.

Por enquanto, a THQ ainda está de portas abertas e algumas negociações precisam ser concluídas – a franquia Darksiders, por exemplo, ainda não tem uma nova casa.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...