Chrono Trigger será lançado na App Store no mês que vem

  Leandro de Barros  |    sexta-feira, 25 de novembro de 2011

O iPod e o iPhone vão receber versões do RPG Chrono Trigger em dezembro, segundo anúncio da Square-Enix

Depois de ser adaptado para o PsOne, Nintendo DS, PS3, PSP, Nintendo Wii, Calculadora, Atari, Master System, Pebolim e Máquina de Raio-X de Hospital, o RPG mais aclamado de todos os tempos (e o mais adaptado também) vai ser lançado para o iPhone e o iPod até o fim de dezembro, segundo a própria Square-Enix.

Chrono Trigger, criado pelo Dream Team da SquareHironobu Sakaguchi (produtor de Final Fantasy), Yuji Horii (diretor de Dragon Quest), Akira Toriyama (criador de Dragon Ball), Kazuhiko Aoki e Nobuo Uematsu (músico da série Final Fantasy), já havia sido adaptado para celulares japoneses antes e a versão dos aparelhos da Apple não vai receber grandes melhorias gráficas, como as imagens abaixo mostram:

As grandes novidades ficam para algumas mudanças na jogabilidade para acolher o sistema de touchscreen dos aparelhos e a possibilidade de jogar em 7 idiomas: japonês, inglês, francês, alemão, italiano, espanhol e chinês. A Square não disse quanto o game vai custar nem quando ele será liberado, mas garantiu que até o fim de dezembro o jogo já estará disponível.

Na trama do game, Crono volta no tempo para salvar Marle, uma garota que ele conheceu na Feira do Milênio. Após algumas desventuras e a adição de vários amigos no grupo, como a cientista Lucca, o guerreiro-sapo Frog, a selvagem Ayla e o robô Robô (ah vá!), Crono e seus amigos viajam pelo tempo para combater o maligno Magus e salvar o planeta de Lavos, a maior ameaça alienígena jamais vista.

A única questão que fica disso tudo é: se a Square-Enix gosta tanto de Chrono Trigger e gosta de vendê-lo tanto, por que não faz uma continuação/remake em alta qualidade?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários