BioWare lança questionário para fãs ajudarem no desenvolvimento de Mass Effect 4

Jack Mankey

  terça-feira, 15 de julho de 2014

BioWare lança questionário para fãs ajudarem no desenvolvimento de Mass Effect 4

Estúdio pede ajuda para saber o que os fãs querem no próximo game

Como a gente já falou por aqui, Mass Effect 4 estará na Comic-Con 2014, mas não espere que nós tenhamos um trailer com jogabilidade ou uma data de lançamento pro game: ele ainda está longe desse estágio, aparentemente.

Eu digo isso porque hoje, o produtor Michael Gamble, da BioWare, divulgou uma pesquisa que o estúdio iniciou para saber o que os fãs QUEREM no novo game – então, portanto, eles ainda estão num estágio que permite esse tipo de pesquisa de campo.

No questionário, o estúdio efetua algumas perguntas bem genéricas, mas que podem ajudar a moldar a ideia do novo Mass Effect. Entre as questões, a BioWare pede para os jogadores avaliarem a importância de recursos como História, Exploração e Customização, assim como hábitos de jogadores de RPGs e coisas do tipo. Não há nada muitos específico como “Você gostaria de jogar como um Krogan ou um Turian?” porque é claro que todo mundo diria que sim (não há um cidadão vivo no planeta que não gostaria de jogar como um Krogan ou um Turian), mas já é alguma coisa.

É importante frisar também que você pode participar pelo questionário pelo link abaixo no Tweet de Gamble, mas está tudo escrito em inglês e uma das perguntas efetivamente pede que você elabore sua resposta em inglês também.

Depois da grande polêmica ao redor do final de Mass Effect 3, é bem legal ver a BioWare abrindo dessa maneira as portas para entender o que os jogadores efetivamente querem. Vamos torcer para que eles saibam entender essas respostas e façam um ótimo jogo (algo me diz que “NÃO ESTRAGUEM O FINAL DESSA VEZ!” será a “sugestão” mais repetida que eles vão receber).


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários