Assassin’s Creed Revelations chega aos PCs

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 30 de novembro de 2011

A Ubisoft lança a versão para PC de Assassin's Creed Revelations e já agenda o lançamento do primeiro patch de correção do game no dia 2 de dezembro, daqui a dois dias.

Quinze dias depois de ser lançado para o PS3 e Xbox 360, o aguardado novo título da Ubisoft, Assassin’s Creed Revelations, ganha a sua versão para PCs – e já vai receber um patch de correção.

A versão para PCs que, a princípio não tem nenhuma grande novidade em relação às outras versões, vai receber seu primeiro patch corretivo no dia 2 de dezembro, segundo anúncio da desenvolvedora.

As mudanças que o patch trás estão listadas abaixo:

  • Correção no bug que impede algumas bombas de fumaça de funcionar da maneira certa;
  • Correção no bug que mostrava alguns desafios incorretos;
  • Textos que eram apresentados sobrepostos por causa de onde os botões do jogo eram mostrados na tela foram arrumados;
  • Melhorias gráficas em relação à visão 3D da NVidia (opção de adicioção renderização do céu adicionada ao menu do game);
  • Vários problemas com a câmera do jogo consertados;
  • Alguns bugs que ocorriam quando se trocava os executáveis;
  • Melhoramentos na tecnologia Eyefinity em resoluções superwide;
  • Vários ajustes e correções em relação ao sistema de amizades no Multiplayer do jogo;
  • O ícone de chat por voz agora é mostrado corretamente quando o recurso é desligado;
  • Correção de problemas ao rodar o jogo no modo offline

Enquanto Assassin’s Creed Revelations recebe hoje sua versão para PC, a Ubisoft já começa a pensar no próximo game da série. Um rumor recente lista algumas possíveis locações histórias para Assassin’s Creed III.

Quer saber se o game vale a pena? Leia nossa crítica para a versão do game para o PS3.

Assassin’s Creed Revelations está disponível para PC, PS3 e Xbox 360.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários