Apple não pode usar o nome iPhone no Mexico

Leandro de Barros

  terça-feira, 06 de novembro de 2012

Apple não pode usar o nome iPhone no Mexico

Empresa americana perde processo no México

A postura super-protetora da Apple com as suas marcas acabou saindo pela culatra no México, segundo afirma o jornal El Universal.

A empresa americana, criadora do iPhone, processou a empresa de telecomunicações mexicana iFone (lol), sob o pretexto de que os consumidores mexicanos não conseguiriam distinguir a empresa mexicana e o smartphone da Apple. Além disso, a empresa da maçã ainda acusava a companhia mexicana de surfar na onda do seu smartphone.

A reviravolta curiosa é que a marca iFone foi registrada no México em 2003, enquanto a Apple só registrou o iPhone em 2007. Resultado: a Apple perdeu o primeiro processo, a empresa mexicana processou de volta e ganhou esse “contra-ataque”.

Agora, de acordo com a Justiça Mexicana, a empresa iFone é a única permitida a explorar as marcas “iFone” e “iPhone” no Mexico. Além disso, a iFone poderá reclamar parte dos lucros que a Apple conseguiu no Mexico utilizando o nome iPhone.

De acordo com Eduardo Gallástegui, advogado da iFone, a empresa entrará na Justiça para receber uma indenização de pelo menos 40% dos lucros das vendas de serviços do iPhone no México.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários