Activision vai lançar Call of Duty e outros games no Wii U

CoD Wii UEric Hirshberg, o CEO da Activision, anunciou hoje uma lista de franquias que a empresará começará a publicar no Wii U, novo console da Nintendo.

A lista inclui a maior marca da empresa, Call of Duty, além de Skylanders Swap Force, Angry Birds Trilogy, Angry Birds Star Wars, Wipeout Create & Crash e SpongeBob SquarePants: Plankton’s Robotic Revenge. Sim, sairá um game do Bob Esponja para o Wii U.

Nós estamos comprometidos em fazer tudo o que pudermos para apoiar o Wii U. E é por isso que estamos animados em levar algumas das franquias mais populares do entretenimento para a plataforma nesse ano“, disse o executivo.

O caso do Wii U é até que bem simples de se entender. Enquanto a crítica considera o console até que bem aceitável, a ausência de jogos que tornem a máquina imprescindível faz com que o console da Nintendo fique encalhado nas lojas. Os games third-parties mais interessantes do Wii U estão disponíveis para outros consoles e os exclusivos não são tão interessantes assim, num resumo.

Assim, a Nintendo vai tentando reunir todo o apoio que consegue de empresas como Ubisoft e Activision, na tentativa de construir uma base de clientes que seja interessante para outras desenvolvedoras.

Em uma notícia relacionada, a Nintendo anunciou meio na surdina que não está aceitando aplicações de games indie desenvolvidos no Japão para o Wii U.

A Big N explicou que essa decisão foi tomada devido à problemas com o departamento de licenciamento da Nintendo, embora isso não explique muita coisa e deixe mais dúvidas do que certezas. Esse bloqueio será para sempre? Só até se arranjar uma solução? Há uma solução? Quem poderá ajudar os indie japoneses?

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...