A Ubisoft vai lançar mais exclusivos para o Wii U – mas só quando o console vender mais

Quando a Nintendo anunciou o Wii U, um fato curioso que chamou a atenção foi a parceria da empresa japonesa com a Ubisoft. Além da empresa francesa desenvolver ZombiU com exclusividade para o novo video-game da Nintendo, a Ubisoft ainda garantiu que todos os seus lançamentos próximos saíssem para o Wii U.

Porém, esse tempo de alegria e felicidade entre ambas as empresas só vai continuar se o Wii U começar a ter números mais aceitáveis de vendas.

Em entrevista ao Kotaku, o CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, afirmou que a empresa pretende sim fazer mais exclusivos Nintendo, mas só se o Wii U vender mais: “Nós precisamos de mais vendas. Eles vão lançar jogos com cinco das suas maiores marcas. E o iene desceu também, então talvez eles vão conseguir aumentar o número de consoles vendidos“, disse o executivo.

Guillemot ainda continuou dizendo que a estratégia da Ubisoft é se adaptar ao mercado, para que a empresa não sofra intempéries. Uma amostra dessa estratégia foi o que aconteceu com Rayman Legends. Originalmente o game seria exclusivo Wii U, mas vendo o desempenho do video-game nas lojas, a Ubisoft decidiu transformá-lo num multiplataformas.

Pra Nintendo, o objetivo é vender mais Wii U e, como Guillemot disse, eles lançarão vários games com força no mercado – como Mario Kart 8, Super Mario 3D World e um novo Donkey Kong. Vamos ver o que acontece no futuro.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...