Sofazão | Séries de TV: Breaking Bad

  Eder Augusto de Barros  |    domingo, 15 de julho de 2012

Certa vez, numa conversa sobre a série alguém me disse que Breaking Bad era a série mais brilhantemente polêmica e audaciosa em exibição. E tive de concordar dessa brilhante definição.

Muita gente já viu várias notícias sobre Breaking Bad aqui no Supernovo, mas infelizmente pouca gente gosta da série, e eu acredito que seja apenas por não conhecer ou não procurar conhecer. A série já começa eletrizante e apaixonante desde a primeira cena, é impossível não sentir um certo apego pelo genial Walter White de Bryan Cranston.

Breaking Bad é uma série do canal à cabo americano AMC e vai agora para sua quinta e última temporada. A história de Walter White começa a ser finalizada neste domingo dia 15 de Julho e se você nunca fez parte dele, não há hora melhor que essa. A quinta temporada terá uma pausa de 4 meses após o oitavo episódio e voltará apenas em dezembro ou janeiro, e até lá você tem tempo de sobra para colocar em dia e presenciar em simultâneo a conclusão épica da história.

Certa vez, numa conversa sobre a série alguém me disse que Breaking Bad era a série mais brilhantemente polêmica e audaciosa em exibição. E tive de concordar dessa brilhante definição.

A série conta a trajetória de Walter White até o seu ponto de ruptura, o momento em que ele passa para o lado negro da força. Walter é um brilhante químico não-valorizado pela sua sabedoria, professor colegial e caixa de um lava-rápido nas horas vagas. Walter vive uma pacata vida tediosa na pequena cidade de Albuquerque, no Novo Méxio. Mas esta vida pacata muda quando ele descobre ter câncer de pulmão em um estágio muito avançado e cerca de 1 ano e meio de vida. Com 50 anos de idade, um filho adolescente com paralisia cerebral, uma esposa 10 anos mais nova e grávida de 6 meses de um filho não planejado, Walter entra em desespero e começa um complicado processo de romper seus limites éticos e ultrapassar a linha do que é certo ou não, para resolver a vida da família e para que eles possam viver financeiramente confortáveis sem ele.

Esse processo de “conversão” de Walter é acompanhado tão intimamente pelo espectador que não existe maneira de ficar indiferente. Um misto de suspense, ação, e até comédia, tornam a evolução ainda mais interessante, há certos momentos em que pensamos que ele  nasceu para ser um fora da lei, isso inclusive nos primeiros passos por esse mundo.

A atuação extremamente brilhante de Bryan Cranston lhe rendeu 3 vitórias no Emmy como Melhor Ator de Série Dramática, seguidas, em 2008, 2009 e 2010. Isso porque na minha modesta opinião de quem não entende nada de atuação, ele foi ainda superior aos anos seguintes na quarta temporada, que é absolutamente sensacional. Porém em 2011 o show foi exibido em datas diferentes, fazendo com que a 4ª temporada fosse elegível apenas para o Emmy 2012, ou seja, Bryan não ganhará 4 vezes seguidas, mas ganhará por suas 4 temporadas, ou até 5, quem sabe?!

Aaron Paul que vive Jesse Pinkman, parceiro de Walter, também é um show à parte na série conseguindo duas indicações e uma vitória no Emmy pela terceira temporada da série. E tal como Bryan, Paul também teve uma atuação maestral na quarta temporada da série.

O diferencial de Breaking Bad para as séries comuns do mercado é a evolução. Mesmo tendo um ótimo começo, ótimo piloto, a série só evolui na qualidade. A cada novo acontecimento a série está melhor, não consigo ver altos e baixos no argumento de Breaking Bad, é tudo estrategicamente dosado. Há quem diga que a série em momentos é parada, eu respeitosamente discordo. É um drama, por isso, o pontal alto são os diálogos, os singelos acontecimentos, a emoção. Você não vai gostar de Breaking Bad se apenas pensar em quanta adrenalina a série pode ter, isso não vai acontecer, a adrenalina pode ser do suspensa criado em alguns momentos, mas é só. Breaking Bad é uma série para ser degustada e não devorada. Ela é boa demais para se devorar sem mastigar.

Breaking Bad

Para fechar, o meu objetivo com esse texto era tentar convencer boas pessoas a consumir bons produtos, e nada melhor que Breaking Bad no lugar do bom produto. Quem seguir o meu conselho, tenho de dizer que o episódio “2×09: 4 Days Out” sintetiza toda a mistura de sabores que Breaking Bad pode te proporcionar, o episódio “4×11: Crawl Space” é o dos melhores episódios que já vi na televisão americana. E por fim, a 4ª temporada é a melhor temporada de uma série que eu já vi, e não foram poucas. O season finale combinando os episódios 4×12 e 4×13 é a conclusão mais sensacional de uma temporada, é quando nasce o novo Walter White.

A série é exibida no Brasil pelo canal AXN. Em terras canarinhas está a venda também a primeira e segunda temporada em DVD, e você pode comprá-las aqui:

Espero sinceramente que todos gostem da série e que voltem aqui para deixar o feedback, e quem já assiste, que deixe suas impressões aqui também. Para dar um tom de brincadeira, toma 10 motivos para ver a série:

Breaking Bad é uma série ganhadora de 3 Emmy, criada por Vince Gilligan (Arquivo X) e tem no elenco: Bryan Cranston (John Carter: Entre Dois Mundos)Anna Gunn (Deadwood)Aaron Paul (Duro de Matar 4.0)Dean Norris (Terminator 2) e RJ Mitte. Não conhece a série? Então tome 10 motivos para conhecê-la!


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários