Detona Ralph – Crítica
Jéssica Pagliai

Jéssica Pagliai
jessica.pagliai

  quinta-feira, 03 de janeiro de 2013

Coluna /// Sala9 Sala9

Detona Ralph – Crítica

Imagine um mundo onde os personagens do jogo de arcade têm suas próprias vidas…

Artigo SuperMag: Esse artigo saiu com exclusividade na SuperMag #5. Conheça a nossa revista digital e não perca as próximas edições.


321925

Como uma versão game de Toy Story, Wreck-It Ralph tem uma quantidade infinita de aventura, personagens realmente divertidos em mais essa incrível animação da Disney! E, embora 2012 tenha sido um ano relativamente bom para o género de animação, com filmes como Brave, Pirates! Band of Misfits, Frankenweenie, Hotel Transylvania, entre outros, destinados para todas as idades Wreck-It Ralph parecia um pouco menos promissor do que os outros, mas acabou sendo um dos melhores do ano.

Situado no mundo dos videogames, Ralph é um vilão de arcade típico, que está cansado de ser mau e decide se tornar um herói. Em uma tentativa de começar uma nova vida, Ralph “salta de jogo” para um chamado Be Hero e depois de passar por problemas caóticos, acaba em um jogo de corrida de kart chamado Sugar Rush. Nesta CandyLand, conhece uma menina chamada Vanellope quem está determinado a ser aceita entre os corredores de Sugar Rush e ainda quem sabe, ganhar uma corrida de kart…

WDSMPI RALPH STANDEE NO.2.vc6

Detona Ralph é um filme de vídeo game, e enquanto filmes baseados em jogos têm uma reputação de ser relativamente horrível, este excede qualquer. Talvez parte do seu sucesso vem do fato de que ele se adaptar ao mundo do jogo de vídeo, em vez de adaptar um jogo individual… Ele brinca com tudo o que é há de bom e ruim do universo gamer de uma forma que não irá insultar os jogadores, mas sim os fazendo rir, enquanto concordam com determinado fato! Bowser, Sonic, Q*Bert, Pac Man, Dig Dug e dezenas de outros personagens fazem rápidas aparições e alguns tem até algumas falas… Mario por exemplo não entra em cena, embora seja mencionado mais que uma vez. E, mesmo aqueles que não são familiarizados com o maravilhoso mundo dos videogames, com certeza irá dar boas risadas.

Como é típico dos filmes da Disney, Wreck-It Ralph é repleto de personagens memoráveis. O personagem-título, Ralph, embora ainda um pouco do lado genérico, é um incrível protagonista. Vanellope é uma menina um pouco sarcástica e sim, as vezes, é muito mais irritante do que se poderia inicialmente esperar mas na verdade, acaba por nos cativar. Outros personagens são inesperadamente divertidos como Fix-It Felix Jr. é um verdadeiro bom samaritano do filme, enquanto a comandante Jean Calhoun é uma doce e romântica garota, por debaixo de toda sua armadura. E ainda, o personagem mais memorável, o Rei Candy, que é a forma absurda de líder e é quem comanda Sugar Rush (embora ele possa ser comparado facilmente com o Chapeleiro Louco para alguns).

arts_moviereview_110112

A animação é simplesmente maravilhosa…! As cores brilhantes, os ambientes, os personagens são todos fantásticos. A história do filme é bem pensada e verdadeiramente inteligente. E realmente gostei dos temas do filme: O que significa ser um verdadeiro herói? Como pode o objetivo do personagem principal se tornar um sucesso? E assim por diante…

Geralmente, os filmes da Disney e Pixar dão muita emoção em suas histórias, o que faz com que o tom do filme se tornam muito doce. Porém, Wreck-lt Ralph tem coração o suficiente para o tornar do início ao fim, um filme muito divertido para toda a família.

Onde os produtores declararam seu amor aos jogos para a telona e assim, fazendo esta delícia maravilhosa nostálgica!

Sobre » Sala9

Sala9 é a nossa coluna sobre cinema. Mais do que notícias ou comentários, aqui você lerá opiniões e artigos falando sobre diferentes pontos da Sétima Arte, com aquela puxada de sardinha pro nosso lado mais pop.

Afinal, pra onde você vai quando quer falar de cinema? A gente vai pra Sala9.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários