Meu problema com os memes dessa internet

Jack Mankey

  segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Meu problema com os memes dessa internet

Memes, o que são? Ondem vivem? Como se reproduzem? Sexta-feira, no GlobAHPAPORRA....

Depois do furacão fazer com o nosso servidor o que a genética fez com a cara dos meus leitores, todo o material que fazia valer a pena o Supernovo ficar online foi perdido. Todos os milhões de posts e as palavras de sabedoria que eu tão bondosamente compartilhei com os padawans que visitam essa espelunca cibernética se perderam. Eu ainda tenho alguns dos meus sermões guardados, mas os Jack Responde, por exemplo, estão agora em um lugar melhor e só viverão nos nossos corações.

Eu tentei aproveitar o fato pra abandonar esse blog aqui, mas o patrão é chato e disse que eu tenho que escrever porque, e agora cito, “EU NÃO FAÇO NADA O DIA INTEIRO E EU TÔ CANSADO DE TE SUSTENTAR”. Qualquer dia desses eu chamo o IBAMA para resolver essa situação.

O que interessa é que eu preciso escrever algo aqui pra “”trocar ideias”” com os leitores. Eu detesto trocar ideias com os leitores porque eu sempre sou sacaneado nessa troca. É como dar uma coleção Clint Eastwood no Amigo-Secreto e receber um par de meias em troca.

Mas se temos de fazer, então temos de fazer e eu darei meus dois centavos em palavras que valem mais do que dinheiro para vocês. Hoje eu entrei no meu Facebook e essa foi a cena que eu presenciei:

descaralhando-memes

O print só pegou dois cidadãos, mas uns 20 “””amigos””” compartilharam tirinhas memes na minha limpinha linha do tempo.

Essa visão me fez concluir que, assim como o Candelabro Italiano e o limão na cerveja, os memes não são mais uma modinha e realmente vieram pra ficar. A batalha foi perdida. Eles estão aí e durarão para sempre. Não só essas tirinhas sem graça, mas qualquer desses memes, menes ou sei lá que merda vocês inventam enquanto lotes ficam sem carpir por esse mundão a fora.

Quero aproveitar esse retorno do Descaralhando a Banana pra fazer a minha parte enquanto cidadão mundial e levar os humanos menos favorecidos intelectualmente em direção à luz. Assim, prometo ser bem didático e utilizar uma linguagem que os adoradores de memes irão perceber para explicar a idiotice por trás dessa parada.

Vamos lá:

Isso:

descaralhando-memes 02

É a versão da Internet disso aqui:

Ok, agora você sabe e saber é metade da batalha. Minha missão está cumprida. Siga bem, caminhoneiro!


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários