Receitas de O Hobbit e Game Of Thrones

Roberta Rampini

  quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Receitas de O Hobbit e Game Of Thrones

Faça banquetes dignos dos reis da Terra Média e dos senhores dos Sete Reinos

Natal é tempo de comilança, mas pelo menos no Natal a gente sabe o que comer. Pernil, peru, chester… Que porra de ave é um chester? Enfim, no ano novo a coisa não é tão fácil, a única coisa que eu sei é que não se pode comer nada que ande para trás o que faz com que seja comum comer peixe. Tem algumas viadagens de simpatia tipo colocar lentilha no ar e a minha opinião sobre isso é a seguinte: se lentinha fosse bom a gente comia nos outros 364 dias do ano.

Se você assim como eu quer iluminar a mente para fazer um verdadeiro banquete e celebrar o novo ano sirva-se das receitas de O Hobbit. Um aplicativo da Warner permite que os fãs de Tolkien dividam receitas inspiradas na Terra Média no site (clica mané) que acabou virando um livro de receitas. Tudo está dividido entre as refeições do dia, café da manhã, refeição principal, lanchinhos e docinhos, etc. Algumas das delícias vem com as referências de Tolkien e o que dito sobre elas nos livros, outras são apenas inspirações.

 

receitaas

receitas

E como nós gostamos de inspiração, gostamos mais ainda de comida e estamos falando de livros de receitas vale citar o trabalho de duas blogueiras que se inspiraram nas detalhadas descrições de George R. R. Martin da comilança dos Sete Reinos para escrever um livro que tem a introdução escrita pelo próprio autor. O “A Feast of Ice and Fire: The Official Game of Thrones Companion Book”, algo como  “Um Banquete de Gelo e Fogo: O Livro Companheiro Oficial de a Guerra dos Tronos” pode ser comprado na Amazon e em alguns outros sites, mas algumas das receitas ainda estão no blog onde tudo começou Inn At The Crossroads.

post-got1

honeyed-chicken-before-600x479 edf5_feast_of_fire_and_ice_page2

Breakfast-at-Winterfell-e13373162029723

 

Observação extremamente inteligente da Tia Rampini: A primeira pergunta desse post foi meramente ilustrativa com fins humorísticos. Se até hoje você não percebeu, chester significa peito em inglês e não passa de uma galinha muito grande, logo, com muita carne e nossas boas mães sabem, que o peito é a parte da galinha com mais carne. Tudo não passa de um golpe de marketing da Perdigão para bater de frente com as carnes mais caras do fim do ano. E você aí comendo frango e falando inglês…


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários