Combo 5 – Chris Gerringer

Se eu tivesse que escolher um dia para dizer “esse é o dia mais sentimental” eu escolheria a sexta-feira. As pessoas simplesmente amam as sextas, essa mistura gostosinha de dia de semana com fim de semana.

Acordamos de bom humor, damos bom dia no facebook, indicamos pessoas legais para serem seguidas no twitter mesmo que elas nem nos sigam de volta. Sexta é o dia mais sentimental que existe! Admita: quando o seu aniversário cai numa sexta tem outro gostinho, não?

 Okay, depois disso eu é que estou sentimental, assim como Chris Gerringer, o artista de hoje. Essa foi a introdução da Rampini, a melhor em encontrar ganchos para assuntos aleatórios. Voltando… Chris é autor de algumas séries de ilustrações. Em traços fofos os tão conhecidos personagens da cultura pop nos ensinam lições de compaixão e companheirismo e ajudam a mostrar que games educam!

 I Know That Feel, Bro

[nggallery id=582]

 Stuff I learned from video games

[nggallery id=583]

Boa sexta (*-*)

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...