Warner registra novo nome para Batman vs. Superman – e surgem mais novidades sobre Lex Luthor

Leandro de Barros

  quinta-feira, 06 de fevereiro de 2014

Warner registra novo nome para Batman vs. Superman – e surgem mais novidades sobre Lex Luthor

Muitas informações sobre Batman vs. Superman surgem

Mais algumas novidades sobre o aguardado encontro entre o Batman e o Superman nos cinemas foram divulgados hoje pela imprensa internacional, incluindo um novo possível título para o longa e algumas informações sobre a personalidade de Lex Luthor no longa.

Em relação ao título do filme (um dos grandes mistérios sobre o projeto até o momento), um registro de domínio da internet foi encontrado pelo CBM em nome da Warner Bros: ManOfSteelFightorFlight.com. Assim, é possível que empresa tenha reservado o título Man of Steel: Fight or Flight (algo como O Homem de Aço: Lutar ou Fugir, em tradução livre).

man of steel fight or flight

Lembrando que esse é apenas um dos domínios registrados pelo estúdio e pode muito bem ser apenas algum tipo de salvaguarda da Warner (talvez pra lançar um game, uma animação?), mas também pode ser muito bem o que o estúdio está pensando para o título do longa.

Já as novidades sobre Lex Luthor surgem de duas fontes. O sempre confiável The Hollywood Reporter divulgou uma matéria revelando o processo por trás da escalação de Jesse Eisenberg (O Truque de Mestre) para o papel do vilão do Superman (Henry Cavill).

De acordo com a publicação, a ideia da Warner (e do diretor Zack Snyder) sempre foi escalar um Lex Luthor mais jovem para o papel, para seguir um pouco a linha mais recente de publicações e produções da DC, que colocam o vilão como um cara mais novo e da idade do Superman (foi assim em Smallville e no atual universo de Os Novos 52).

A matéria também cita que o ator Bryan Cranston (Breaking Bad), citado por aí por tantos sites, nunca foi procurado pela Warner pro papel – nem Tom Hanks (Capitão Phillips), apesar do seu nome ter sido cogitado dentro da Warner. Os únicos atores que foram abordados pro papel foram Adam Driver (Girls) – que, afinal, não teria nada a ver com o Asa-Noturna – e não pôde aceitar o papel por conflitos na agenda, Joaquin Phoenix (Ela), que rejeitou a oportunidade, e, por fim, Jesse Eisenberg.

A outra novidade vem do Latino Review, uma fonte não-tão-confiável assim (afinal, foram eles que disseram que o Adam Driver seria o Asa-Noturna, quando a Warner queria o cara pra Lex Luthor – eles acertaram que Driver estava envolvido, pelo menos). A publicação afirma ter tido acesso à um rascunho do roteiro de Batman vs. Superman e descreve uma cena entre Lex Luthor (Eisenberg) e Bruce Wayne (Ben Affleck) – possíveis spoilers a seguir.

Jesse LuthorA cena mostra uma visita de Bruce à cobertura onde Lex, que é careca, vive. Bruce diz que está na cidade para ajudar à reconstruir Metropolis depois dos eventos de O Homem de Aço. Lex, por sua vez, acha que a Wayne Enterprises pode até ser uma empresa poderosa, mas a Lexcorp É Metropolis. Porém, ele aceita a ajuda do bilionário de Gotham na reconstrução da cidade.

Os dois também revivem um pouco do “passado” que possuem, já que Bruce disse que Lex é um pirralho arrogante e imoral, enquanto Lex considera Bruce como um playboy que conseguiu tudo que tem por acaso do destinho – porque aí que vem o pulo do gato em relação à Lex Luthor: ele não nasceu rico.

Lex, nesse filme, nasceu nas ruas de Metropolis (ele até tatuou a “silhueta” da cidade no braço) e entrou para uma gangue de rua aos 14 anos – mas aos 15, a gangue já respondia à sua liderança. Luthor aprendeu que, nas ruas, sempre há alguém maior e mais forte do que você por aí, mas nunca há alguém mais esperto – o que descreve bem a relação dele com o Superman.

E os dois bilionários também discordam sobre o Homem de Aço – Bruce pensa que o kriptoniano é um “espécime impressionante”, enquanto Lex o considera um alien invasor que não pertence à esse planeta. Luthor também pensa que o kriptoniano pode morrer, enquanto Bruce acha que pode haver uma “solução pacífica ao problema com o Superman”, uma que não envolva ir pro mano-a-mano com um Deus. Lex, por sua vez, diz que não pretende ir pro mano-a-mano com o Superman, porque ele acredita que não se chega a ser um general se você for pro campo de batalha com o resto das tropas – a resposta de Lex para o problema com o Superman é o Batman.

Se o relato é confiável ou não, é difícil dizer, mas confesso que é uma interpretação interessante da mitologia ao redor de Lex Luthor.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários