Warner queria Ben Affleck para ser o Batman da Liga da Justiça

Todo mundo quer ver o filme da Liga da Justiça sair do papel. Quem não quer mais bons filmes de super-heróis por aí? Porém, ás vezes, é melhor mesmo que o projeto não vá em frente.

Ontem, nós ficamos sabendo que a Warner tinha rejeitado o roteiro escrito por Will Beal (Caça aos Gângsteres), pois o considerou “terrível”. Até aí, tudo bem. É melhor mesmo não seguir do que seguir em frente com um roteiro péssimo.

O pulo do gato surge hoje, quando um dos jornalistas do Latino Review (que já divulgou algumas coisas interessantes recentemente) soltou no Twitter o seguinte:

Fato fanboy, divertido e fabuloso do dia: Vocês sabiam que quando [Ben] Affleck foi abordado para dirigir Liga da Justiça, eles [a Warner] também o queriam para ser o Batman?”.

Como vocês devem saber, um dos primeiros nomes cogitados para a direção do filme da Liga da Justiça foi Ben Affleck, que vem ganhando todos os prêmios possíveis até agora pelo seu trabalho em Argo. Até aí, ótimo, ele é um grande diretor. O problema é esse finalzinho, que a Warner queria que Affleck fosse o novo Batman.

Não, dona Warner. A gente fica sem filme da Liga da Justiça mesmo. Vamos ver Os Vingadores 2 que é mais negócio…

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...