Veja algumas artes conceituais da Liga da Justiça de George Miller que nunca saiu do papel

Na última semana comentamos aqui sobre o documentário The Miller’s Justice League Mortal que o diretor Ryan Unicomb está produzindo para contar os bastidores do filme da Liga da Justiça que seria filmado em 2008 por George Miller (Mad Max: Estrada da Fúria) e nunca saiu do papel devido à restrições orçamentais por parte de Warner e principalmente devido a greve dos roteiristas de 2008.

O documentário mostrará entrevistas com membros do elenco, produção e até artes conceituais que foram produzidas para auxiliar o filme. A primeira leva desses materiais começou a circular pela internet e nas imagens vemos uma arte conceitual do Aquaman, outras duas da Mulher-Maravilha em ação, algumas peças do storyboard de uma batalha entre Superman e Mulher-Maravilha que é interessante de se notar o destaque para o símbolo no peito do Superman que é referência a saga Reino do Amanhã, e para fechar uma escultura do que seria o Caçador de Marte.

As artes todas foram divulgadas por Ryan Unicomb em seu twitter. O filme contava com Armie Hammer como Batman, Adam Brody era o Flash, Common o Lanterna Verde, DJ Cotrona o Superman, Megan Galeera a Mulher-Maravilha, Hugh Keays-Bryne seria o Caçador de Marte,Santiago Cabrera o Aquaman, Teresa Palmer a Talia al Ghul, Jay Baruchel seria Maxwell Lord e Stephen Tobolowsky seria o mordomo Alfred.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...