The Wolverine não tem ligação com X-Men Origens: Wolverine

Em 2009, a 20th Century Fox estava brava com os fãs de quadrinhos de todo o mundo, sem uma razão aparente. Talvez o estúdio não tenha gostado das críticas que sofreu por causa de X-Men 3 – O Confronto Final ou Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado. Seja como for, a Fox planejou a sua vingança com cuidado. E que vingança eficaz! Intitulada de X-Men Origens: Wolverine, o ataque da Fox foi poderoso e causou sérios danos à vida de muitos fãs de quadrinhos pelo mundo.

Porém, depois de filmes como X-Men: Primeira Classe e Planeta dos Macacos: A Origem, o estúdio e os nerds desse mundão parecem estar em trégua. E, nesse clima, um novo Wolverine se aproxima, para selar a paz entre ambos.

Nós deliberadamente não nomeamos o filme de Wolverine 2 porque queríamos que ele estivesse colocado e que fosse visto como um filme solo“, disse Hugh Jackman em entrevista ao Total Film. “Com um elenco renovado e sendo baseado no Japão, nós teremos um a estética visual totalmente nova“.

Segundo o ator australiano, a equipe responsável por adaptar o Carcaju da Marvel nos cinemas aprendeu com os erros cometidos no último filme. “A abordagem que faremos ao personagem significa que não iremos sobrecarregar o flime com mutantes e times e coisas do tipo, então será mais baseado no personagem. Acho que, de várias formas, será um filme dos X-Men totalmente diferente“.

Jackman ainda encheu a bola do roteiro do filme, que ele classifica como “a melhor idéia que já tivemos e o roteiro mais forte que já tivemos” para um filme do Wolverine e que, finalmente, “temos a oportunidade de fazer algo realmente bom“.

The Wolverine, dirigido por James Mangoldproduzido por Laura Shuler e estrelado por Hugh Jackman deve estrear em 2013.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...