Taylor Kitsch fala sobre interpretar John Carter

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 04 de janeiro de 2012

O ator de Friday Night Lights comenta sobre a épica aventura John Carter

Um dos filmes de maior orçamento de 2012 é o aventuresco John Carter, da Disney. O longa adapta a história escrita por Edgar Rice Burroughs. O ator principal do longa, Taylor Kitsch, deu uma entrevista ao Comics Continuum e falou sobre seu personagem no longa, mudanças na história, sobre a expectativa em relação à recepção do filme e até sobre o cão-marciano de John Carter.

O ator descreveu seu personagem como “um homem que perdeu tudo com que ele já se importou. Ele volta da Guerra Civil para encontrar sua mulher e filho mortos. Ele basicamente passa a viver de um modo recluso e vai até uma mina em busca de ouro. Pra ele, é como um band-aid – ele esconde o machucado pra não ter de lidar com ele, com a culpa e a perda da sua família, de quem ele foi para a guerra para proteger“.

Uma das preocupações da Disney é sobre a recepção do público ao filme. Depois de investir tanto na produção de John Carter, é uma preocupação compreensível. Taylor Kitsch, porém, disse que os espectadores “tem muitas coisas a amar” no filme: “Eu tenho dito que a cena com os símios brancos gigantes vale o preço do ingresso, sozinha. Visualmente vai ser incrível. Eu acho que eles vão ser como os personagens; dá pra se relacionar com eles. Não é apenas um filme com efeitos especiais com coisas explodindo e basicamente um cara que você não dá a mínima. Você se importa com John Carter e se preocupa com a sua jornada“.

Durante a entrevista, o ator entregou uma das primeiras mudanças em relação aos livros que o filme terá. Quando perguntado sobre como John Carter vai parar em Marte, Kitsch respondeu: “Na verdade, é bem brilhante. Edgar RIce Burroughs nunca colocou isso na história, ele simplesmente acorda em Marte. No filme, John Carter vai até uma caverna na Terra onde ele tenta se esconder dos Apaches. A caverna acaba por ser uma estação onde os Therns [uma raça de marcianos da história] viajam entre os planetas. Carter acaba sendo transportado acidentalmente para Marte“.

Por fim, o ator comentou sobre o personagem que, na opinião dele, vai roubar a cena no filme: Woola, o “cão-marciano” de John Carter: “Eu estou te dizendo, Woola vai roubar esse filme. Ele serve a história tão bem assim. Claro, ele salva minha pele algumas vezes, o que é ótimo. No começo eu o odeio porque ele entrega minha posição no acampamento Thark. E, irritantemente, ele me acha onde quer que eu vá. Ele sempre consegue me encontrar na hora certa e, ás vezes, na hora errada. Ele é barulhento e estranho, de certa maneira parece um filhote. Se alguém já teve um animal ou um animal em crescimento, sabe que existem muitas coisas que você faz com um animal que você não faz num relacionamento com outro humano. Eventualemente, John abaixa a sua guarda um pouquinho e eu adoro isso, porque faz com que esses momentos com Woola sejam ótimos“.

John Carter é dirigido por Andrew Stanton (Wall-E), que também escreveu o roteiro do filme. No elenco estão Taylor Kitsch (Friday Night Lights), Lynn Collins (X-Men Origins: Wolverine), Williem Dafoe (Homem-Aranha), Bryan Cranston (Breaking Bad), Mark Strong (Sherlock Holmes), Dominic West (300) e outros. A estréia é prevista para março do ano que vem.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários