Rumor do Dia: Querem fazer um filme de Sandman com Joseph Gordon-Levitt

Leandro de Barros

  quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Rumor do Dia: Querem fazer um filme de Sandman com Joseph Gordon-Levitt

David Goyer (O Homem de Aço) apresenta ideia de filme de Sandman com Gordon-Levitt para a Warner e estúdio se anima com a brincadeira

Sandman

Parece que foi ontem que a gente comentou que ainda existiam mais planos para levar HQs da Vertigo para o mundo live-action (e foi ontem  mesmo), mas eis que surge um novo rumor relativamente confiável nas Interwebs pra deixar o cabelo de todo mundo em pé.

Segundo o Badass Digest, o mesmo site que deu o furo (opa!) sobre a série de TV de Preacher, um filme baseado em Sandman, de Neil Gaiman, pode estar em desenvolvimento dentro da Warner. E com Joseph Gordon-Levitt (Don Jon) no elenco. E com o roteirista de O Homem de Aço!

Vamos lá ponto a ponto:

A publicação revelou que, segundo suas fontes confiáveis, David Goyer (O Homem de Aço) levou até à Warner Bros. uma ideia de como transformar Sandman em filme. A ideia de Goyer foi apoiada por Geoff Johns, editor-criativo da DC Comics e consultor da Warner quando o assunto são filmes baseados em quadrinhos, e o estúdio gostou muito do que viu. Portanto, todo o projeto ainda está em fases muito iniciais (isso se ele existe mesmo, mas o Badass Digest é confiável!) e milhões de coisas podem ocorrer entre esse estágio e o filme ser efetivamente anunciado. Por exemplo, talvez eles tenham de falar com Neil Gaiman ainda.

A matéria ainda revela que Joseph Gordon-Levitt, de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, está envolvido com o projeto de alguma forma. O mais provável é que ele já tenha conversado com Goyer e Johns e, provavelmente, aceitado a ideia de protagonizar o filme. É bem mais fácil chegar à um estúdio e dizer “Olha, nós temos a ideia para esse filme aqui e esse ator famoso já topou participar do elenco” do que “Eu tava pensando em fazer um filme assim, arranjem aí uns milhões e uns atores pra mim”.

Porém, contudo e todavia, Gordon-Levitt lançou recentemente nos cinemas o filme Como Não Perder Essa Mulher, sua estreia como diretor de cinema. Como ele foi muito elogiado pela crítica internacional por causa do longa, há a possibilidade dele estar envolvido como DIRETOR do filme de Sandman .

Sandman Gordon-Levitt

Mas e aí? Isso significa que um filme de Sandman chegará aos cinemas amanhã? Não. A obra de Neil Gaiman já passou por várias tentativas de adaptação – incluindo uma do roteirista William Farmer (Jonah Hex), que Gaiman disse que era o pior roteiro da história – e não dá para dizer que dessa vez as coisas darão certo.

É verdade que David Goyer e Geoff Johns são dois dos caras que a Warner tem apoiado enormemente quando o assunto são filmes baseados em quadrinhos. Johns participou ativamente da produção do longa do Lanterna Verde (e acho que os momentos que se salvam do filme devem ter vindo dele), vai produzir a série do Flash e escreveu episódios de Arrow.

Goyer escreveu com os Irmãos Nolan a Trilogia do Cavaleiro das Trevas, escreveu e dirigiu filmes do Blade, escreveu O Homem de Aço, vai escrever Batman vs. Superman e a Liga da Justiça. Ele é o nome que mais me preocupa porque é aquele cujos trabalhos são mais “frágeis” em relação à confiança pública: o último Blade, a série FlashFoward, Da Vinci’s Demons, o filme Jumper, o filme televisivo Nick Fury – Agent of SHIELD e Motoqueiro Fantasma: Espírito da Vingança são execrados por crítica e público. Seus trabalhos de maior sucesso (a Trilogia do Batman e O Homem de Aço) ou possuem créditos para outros profissionais ou possuem uma divisão bem grande na sua aceitação.

Porém, é esperar pra ver. Sandman é material de alto nível, Gaiman está escrevendo um prelúdio atualmente, então tudo pode acontecer. A presidente da DC já disse que queria um filme de Sandman – e o diretor de Wolverine – Imortal já se voluntariou pra assumir a brincadeira.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários