Rumor do Dia: O Studio Ghibli vai parar de fazer filmes?

Leandro de Barros

  segunda-feira, 21 de julho de 2014

Rumor do Dia: O Studio Ghibli vai parar de fazer filmes?

Imprensa japonesa divulga que o Studio Ghibli planeja encerrar a sua produção de longas-metragens

A segunda-feira ainda mal começou e já vem uma daquelas notícias que só poderia surgir numa segunda-feira mesmo. O site japonês News Cafe publicou uma matéria onde uma fonte interna ligada ao Studio Ghibli revelou que o estúdio deverá parar de produzir filmes animados em breve.

Segundo a publicação, o vindouro When Marnie Was There, próximo filme do estúdio, será também o último a ser feito pelo pessoal do Studio Ghibli. Depois disso, a ideia é que o estúdio se torne uma empresa para gerenciar os direitos autorais das suas próprias criações.

A razão para essa mudança envolve uma série de fatores. Um desses pontos, claro, é a aposentadoria de Hayao Miyazaki, cujo último filme foi lançado no ano passado. Além dele, outro co-fundador do Studio Ghibli também “pendurou as chuteiras”: Toshio Suzuki deixou de ser um dos produtores do estúdio para ser tornar gerente do Studio Ghibli.

Além dos principais nomes do estúdio estarem se afastando, soma-se o fato dos altos custos para produção de filmes animados hoje em dia – especialmente para o Studio Ghibli que, ao contrário de outros estúdios japonesas, não contratou subsidiárias estrangeiras para auxiliar na criação dos seus filmes, mas contratou funcionários japoneses a tempo inteiro (o que aumenta bastante os custos dos seus longas). Para ilustrar melhor a situação, o News Cafe divulgou que um filme do Studio Ghibli precisa arrecadar pelo menos $100 milhões de dólares nas bilheterias para começar a dar lucro pro estúdio – Vidas ao Vento, o último filme lançado por eles, ganhou apenas $117 milhões.

Segundo a fonte do News Cafe, “não há outra escolha a não ser acabar com o estúdio, porque não há como manter o ritmo de anunciar um novo filme por ano” nessas condições. O pior: o próprio Hayao Miyazaki já havia comentado sobre a hipótese numa entrevista em 2010!

Em uma conversa com a Cut Magazine (via BleedingCool), o cineasta disse o seguinte:

Suzuki-san está trabalhando num programa de dissolução para o Studio Ghibli. Sem brincadeira, nós falamos sobre isso outro dia. Por exemplo, Ghibli continuaria a existir com 5 funcionários como uma empresa que gerencia direitos autorais mesmo se a gente acabasse com o estúdio. Então, Ghibli poderia dizer ‘Nós paramos de fazer filmes, adeus’

Não é preciso lembrar, claro, que ainda não há nenhuma confirmação oficial por parte do Studio Ghibli de que eles vão realmente parar de fazer filmes – o que há por enquanto é um veículo de imprensa japonês rodando uma matéria com uma fonte interna.

No momento, o Studio Ghibli possui duas obras em desenvolvimento: Ronia the Robber’s Daughter, uma série animada dirigida por Goro Miyazaki (filho de Hayao Miyazaki) em parceria com a Polygon Pictures, e o já citado filme When Marnie Was There, cujo primeiro trailer pode ser visto abaixo:

via Kotaku


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários