Rumor do Dia: A Oscorp aparece no game de Homem de Ferro 3!

Um pouco de contexto para os menos versados nas confusões hollywoodianas: No final da década de 90, a Marvel estava quase falindo. Para ganhar alguma grana, a editora vendeu os direitos de adaptações cinematográficas de alguns dos seus personagens: Demolidor, os X-Men, o Homem-Aranha e o Quarteto Fantástico. Basicamente, tudo relacionado à esses universos foram para outros estúdios de Hollywood e a Marvel não pode usar nada disso nos cinemas sem permissão deles (por isso nós não vimos o Wolverine, o Fera, o Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico e nenhum deles no filme dos Vingadores, por exemplo).

Agora sim, vamos lá.

Como você já deve saber, Homem de Ferro 3 estreia nos cinemas mundiais no fim desse mês, faltando mais ou menos 20 dias para tal. Como é de costume, quando um blocbuster é lançado, ele vem acompanhado de todo tipo de produto para maximizar as receitas de quem produziu o longa.

A Gameloft vai um game para mobile inspirado em Homem de Ferro 3. Você pode ver o trailer abaixo:

Em certo momento do trailer, essa imagem pode ser vista:

Iron Man 3 Mobile

Note no canto direito um outdoor com o logo da Oscorp. EXATAMENTE o mesmo logo utilizado em O Espetacular Homem-Aranha, filme lançado no ano passado PELA SONY!

A Gameloft é a empresa que produziu também o game de O Espetacular Homem-Aranha para mobile, então há uma explicação logística para o caso: a grande maioria dos gráficos desse game parecem muito os do jogo do Cabeça de Teia, então é bem possível que o estúdio tenha simplesmente reciclado os gráficos e o logo da Oscorp entrou no meio. “É tudo Marvel mesmo”, deve ter pensado algum designer desavidado.

OU temos uma explicação mais interessante.

No ano passado, vários rumores sobre uma possível parceria entre Marvel e Sony foram divulgados pela Internet. Momento da teoria: será, SERÁ, que essa parceria vai rolar mesmo e, quem sabe, teremos o Homem-Aranha em Os Vingadores 2? Não custa sonhar.

Ainda não há uma explicação oficial para o fato, mas por enquanto vamos tratar tudo como uma grande e mirabolante teoria.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...